Agência de risco Moody’s corta nota de crédito da Petrobras

Em nota, agência disse que a decisão se justifica pelo alto grau de endividamento da estatal, que só deve se reverter após 2016

Por O Dia

Rio - A agência de classificação de risco Moody’s rebaixou nesta terça-feira a nota de crédito em moeda estrangeira da Petrobras, de Baa1 para Baa2, e manteve perspectiva negativa.

Em comunicado, a agência disse que a decisão se justifica pelo alto grau de endividamento da estatal, situação que só deve se reverter “bem depois de 2016”, ao contrário das previsões originais.

Apesar do rebaixamento, a empresa ainda se enquadra na categoria “grau de investimento”, porém a dois degraus de perder a chancela, usada como referência por investidores internacionais. Na nota, a Moody’s disse que a companhia está pressionada pelos preços do petróleo e o câmbio. A perspectiva continua negativa.


Últimas de _legado_Notícia