Por parroyo

O déficit comercial menor e um salto nos gastos com defesa sustentaram o crescimento econômico dos Estados Unidos no terceiro trimestre, mas outros detalhes do relatório divulgado nesta quinta-feira indicaram certa perda de ímpeto na atividade.

O Produto Interno Bruto (PIB) cresceu a uma taxa anual de 3,5%, informou o Departamento do Comércio nesta quinta-feira, superando a expectativa de economistas de 3%.

O déficit comercial menor refletiu uma queda nas importações, que caíram no ritmo mais rápido desde o quarto trimestre de 2012. Isso foi atribuído principalmente à queda nas importações de petróleo. O comércio contribuiu com 1,32 ponto percentual ao crescimento.

Os gastos do governo também foram um impulso, com gastos com defesa crescendo no ritmo mais rápido desde o segundo trimestre de 2009.

Você pode gostar