Intenções de voto em todos os candidatos caem, segundo Datafolha

Dilma passou de 37% para 34%, Aécio Neves tem 19% e Eduardo Campos, 7%. Número de eleitores sem candidato é recorde desde 1989, com 30%

Por O Dia

As intenções de voto na presidente Dilma Rousseff caíram 3 pontos percentuais, a 34% em junho, segundo pesquisa do Instituto Datafolha publicada nesta sexta-feira. Contudo, os principais adversários de Dilma também tiveram queda. Em relação à última pesquisa de maio,  o senador Aécio Neves, do PSDB, perdeu 1 ponto percentual a 19%, enquanto o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, do PSB, passou de 11% para 7%.

O número de indecisos subiu de 8% em maio para 13% e o de eleitores que pretendem votar em branco ou nulo, atingiu 17%. Somados, o total de eleitores sem candidato, em 30%, é o mais alto desde  1989. 

O nível de rejeição nos opositores de Dilma Rousseff caiu. Quando questionados sobre em quem os eleitores não votariam de jeito nenhum, Dilma se manteve estável com 35%. Aécio Neves passou de 33% em maio para 29% e Eduardo Campos, de 31% para 29%.

Em um cenário em que haja segundo turno, Dilma Rousseff teria 46% dos votos em um confronto com Aécio Neves, que receberia 38%. Caso a disputa fosse contra Eduardo Campos, a candidata do PT teria 47%, frente a 32% de Campos. 

A pesquisa ouviu 4.337 pessoas entre os dias 3 e 5 de junho em 207 municípios. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Últimas de _legado_Notícia