Por bruno.dutra

Rio -  Pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira mostra como está a disputa pela Presidência da República. O levantamento mostrou que o candidato do PSDB, Aécio Neves, está em condição de empate técnico com a candidata do PSB, Marina Silva. Se a disputa fosse hoje, o candidato tucano teria 21% e Marina 24%. Como a margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, os dois estão tecnicamente empatados. Já a presidenta Dilma Rousseff, lidera a disputa no primeiro turno com 40%.

Em simulação de segundo turno, Dilma venceria Marina e Aécio pelo mesmo placar: 48% contra 41%. Na última terça-feira, a vantagem de Dilma em relação a Marina era de oito pontos: 49% contra 41%, conforme mostrou a pesquisa. Em cenário com Aécio Neves, a presidente obteve 50% das intenções de voto e o tucano 41%.

Os eleitores que declararam voto em branco ou nulo permaneceram sendo 5%. Os indecisos também continuaram em 5%. O Datafolha ouviu 12.022 eleitores em 433 municípios nos dias 1º e 2 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Ibope

Pesquisa Ibope também divulgada divulgada nesta quinta-feira, mostrou que a candidata à reeleição, Dilma Rousseff, tem 40% das intenções de voto, contra 24% da candidata Marina Silva, e 19% do tucano Aécio Neves. A três dias da eleição, Dilma ampliou a vantagem sobre os adversários e alcançou 47% dos votos válidos - excluídos os votos brancos, nulos e os eleitores indecisos. Com este resultado, a petista precisa apenas de 3 mpontos percentuais para levar a eleição no primeiro turno. Em dois dias, de acordo com o insituto de pesquisa, Dilma passou de 39% para 40%, Marina de 25% para 24% e Aécio manteve os 19% do último levantamento.

Em simulação de segundo turno, entre Dilma e Marina, a petista saiu da condição de empate técnico e abriu sete pontos percentuais de vantagem. Nesta comparação, a petista venceria com 46% dos votos e a candidata do PSB ficaria com 36%. Em confronto com o tucano Aécio Neves, Dilma teria vitória ainda mais folgada: 46% contra 366%.

O Ibope ouviu 3.010 eleitores em 205 municípios entre os dias 29 de setembro e 1º de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%.

Datafolha



Você pode gostar