Elegância em branco e preto

'Acho lindo amadurecer se cuidando. Ter um corpo e uma mente saudável. Sempre me cuidei', afirma Claudia Ohana ao posar para ensaio

Por O Dia

Rio - Claudia Ohana é solar e sempre achou que as cores remetiam mais à sua imagem. “Adorei quando me chamaram para este ensaio. Sou estampada, tenho cabelo ondulado. Curti. E fico pensando por que só cabelo liso pode remeter ao clássico?”

Vestido branco vai bem com tudo. O recorte assimétrico dá um ar moderno. Para arrematar o look%2C acessórios em P%26B são sempre uma boa pedidaVinicius Mochizuki / Divulgação

É nesse clima, e rompendo padrões, que a atriz vestiu os looks preto e branco desta edição. “Adoro a combinação. Para mim, imprime limpeza no visual, ressalta quem veste. É chique, mas ao mesmo tempo pode ser usado em qualquer situação. Passeia bem”, diz Claudia.

Claudia Ohana posa deslumbrante em ensaio com peças P%26BVinicius Mochizuki / Divulgação

A dobradinha, de fato, é sinônimo de elegância. A escolha da predominância de uma das cores fica ao gosto de quem usa. Claudia admite que ficou apaixonada pelas composições criadas pela produtora de moda Samantha Szczerb e diz que os figurinos, na arte e na vida, sempre a atraíram.

“Tudo estava incrível. Tenho um quarto de roupas em casa. Quando era pequena, vendia coisas, lia tarô para ter dinheiro e mandar fazer vestidos ou comprar”, revela.

Ela conta que seus preferidos eram os de manga bufante e saias compridas. “Sempre tive um complexo de princesa. Acho que já era a atriz ali.”


Aos 53 anos, a intérprete da italiana Loretta, da novela ‘Sol Nascente’, completa 36 anos de uma bem-sucedida carreira e garante que envelhecer não a assusta. “Me sinto jovem, às vezes menina. Outro dia, fui andar de patins, de shortinho na praia. Minha filha, Dandara, disse: ‘Mãe, você tem idade pra andar assim?’ Respondi que tenho idade para o que eu quiser. Eu e qualquer mulher”, diverte-se a atriz, que está em ótima forma e mantém o mesmo peso desde os 16 anos.

Do trabalho ao happy hour%2C combinações nas cores P%26B são versáteisVinicius Mochizuki / Divulgação

“Envelhecer faz parte da vida. Só tem uma maneira de não envelhecer, e não é uma opção”, diz Claudia, que foi avó aos 42 anos e tem dois netos, Martim e Arto. “Ser avó é incrível, brinco junto com eles.”

Macaquinho preto NADA básico Vinicius Mochizuki / Divulgação

A atriz anda com energia de sobra. Na novela das seis, interpretando uma mãe que abandonou os filhos, ainda sem razão revelada, e em cartaz em São Paulo com a peça ‘Forever Young’, que trata da questão do envelhecimento com irreverência, ela acredita que é importante viver intensamente, independentemente da idade. “Acho lindo amadurecer se cuidando. Ter um corpo e uma mente saudável. Sempre me cuidei, durmo bem. Me imagino bem velhinha escrevendo e pintando, de frente para o mar. Uma princesa mais velha, com os mesmos cabelos, mas brancos, e lá para os 90”, confidencia ela, com seu alto-astral habitual.