Por bianca.lobianco

Rio - Atriz ou autora? Autora ou atriz? Para Suzana Pires, 40 anos, a escolha não é uma opção. Ela sabe que pode tudo. “Por que vou limitar um dom? Nunca me senti forçada a escolher. Até porque fui contratada pela Globo, uma empresa que investe, e que expande isso em mim”, conta.

Susana Pires Divulgação

Suzana é assim: como muitas mulheres contemporâneas, assume o protagonismo da própria vida, e não abre mão disso. Uma das autoras de ‘Sol Nascente’, trama das seis na Rede Globo, ela admite que a liberdade para criar é fundamental. “Nunca deixei que nada me limitasse. Sempre fui contestadora. Desde criança”.

Em sua primeira novela como titular, a autora já consegue fazer um saldo da trajetória, que para ela, é positiva. “Tivemos vários problemas no percurso. O próprio afastamento no Walther Negrão (em junho, o autor sofreu um acidente vascular cerebral) foi difícil pra todos. Cada semana era uma coisa. Mas segurei a parte emocional, e toquei o barco. O público tinha que ter a novela e se emocionar com ela. Estou feliz porque conseguimos dar a volta por cima”, reconhece.

Ela credita a guinada à simpatia que a trama inspira no público. “É um trabalho lindo em equipe. E a arte é do coletivo, tem que estar com o coração aberto. Além disso, essa história tem uma mensagem de que com amor você consegue vencer os obstáculos, a maldade”, diz.

A carioca conta que foi levada para dramaturgia pelo próprio Negrão. “Fui colaboradora dele em outra novela (‘Flor do Caribe’), e em uma série que não foi ao ar ainda. Quando aconteceu ‘Sol Nascente’, ele quis que assinássemos juntos. Só um verdadeiro mestre tem essa generosidade. Encarei. Ele enxergou a novelista que tinha no meu sangue”, revela.

Susana Pires Divulgação

Ela é mesmo uma apaixonada pela criação. Tanto, que além da novela, está em cartaz com ‘De Perto Ela Não é Normal’, no Teatro do Fashion Mall. “Faço esse texto há dez anos. Foi um sucesso de cara. É um espaço de respiro para mim”, conta. E sobra tempo para namorar? “Estou solteira. Mas vou abrir um tempo para isso. Esse ano vou colocar na agenda: ‘Suzi, olha para o lado’”, diverte-se.

A rotina agitada não é fácil, mas Suzana garante que o planejamento é a base do sucesso: “São duas carreiras. Trabalho muito, são muitas pessoas envolvidas. Planejar é preciso”. Ela confessa que já tem traçados os passos seguintes: “Agora meu foco é ser autora de novelas. Minha carreira de atriz está estabilizada”. E uma pausa, está nos planos? “A novela e a peça acabam no mesmo dia. Olha o planejamento aí. No dia seguinte, vou para a Bahia. Vou ligar para os amigos, para Ivete Sangalo, cervejinha, pé descalço. Uns 15 dias”. 

Susana Pires Divulgação


Você pode gostar