Monobloco cai no suingue do funk e da ciranda no CD ‘Arrastão da Alegria’

A miscigenação da folia carioca

Por O Dia

Rio - A folia do Monobloco tem de tudo, até samba. A miscigenação do repertório do grupo é explicitada em versos da música inédita que batiza ‘Arrastão da alegria’, segundo disco de estúdio do coletivo carioca liderado por C.A. Ferrari, Celson Alvim, Mário Moura, Pedro Luís e Sidon Silva.

Nas lojas em junho, em edição da Som Livre, o CD ‘Arrastão da alegria’ segue o bloco da miscigenação com funk, pop, ciranda e, claro, samba.

Diogo em samba caloroso

Quatro músicas inéditas integram repertório que rebobina hits de Skank (‘Garota nacional’), Gal Costa (‘Um dia de domingo’, em clima de pagode) e Ney Matogrosso (‘Homem com H’, forró que perde malícia no registro do Monobloco).

Preta Gil faz dengoso duo com Pedro Luís em ‘Tu quer%3F’%2C tema de LenineDivulgação

Das inéditas, vale destacar ‘Tu quer?’, música de Lenine, arranjada como ciranda e gravada por Preta Gil em duo dengoso com Pedro Luís. Já ‘Balança geral’ (Ailton Assumpção e Alexandre Nascimento) é funk pacifista que prega bons modos no baile.

Completando o naipe de inéditas, o samba ‘Nasci para morrer de amor’ (Arlindo Cruz, Franco e Maurição) resulta caloroso em registro feito com Diogo Nogueira. Os metais arranjados por Serginho Trombone ajudam a elevar a temperatura da faixa.

Vários convidados seguem o Monobloco no disco. Roberta Sá celebra Beth Carvalho com reverência no ‘Samba de Arerê’. Ivete Sangalo mostra em ‘Caio no suingue’ que cresce quando canta bom repertório. A mistura é brasileira.

Últimas de Diversão