Músicos e noveleiros em ação

Artistas interpretam no DVD ‘Um Barzinho, Um Violão’ canções de tramas da década de 80

Por O Dia

Rio - Não convidem Ivete Sangalo, Sandy, Zeca Pagodinho, Chitãozinho e Xororó para fazerem show no horário de suas novelas preferidas. Cada um com seu estilo musical, eles têm em comum o gosto pelas histórias contadas na TV.

E não foi à toa que os cinco noveleiros foram convidados — ao lado de outros 17 artistas — pelo produtor Max Pierre para a quinta edição do projeto ‘Um Barzinho, Um Violão’, que mergulha na trilha sonora das novelas dos anos 80 e será lançado em DVD a partir de setembro. O Dia D acompanhou as gravações, que aconteceram ontem e segunda-feira no Hotel Windsor, na Barra da Tijuca.

Ivete Sangalo na gravação de 'Um Barzinho%2C Um Violão'Roberto Filho / Ag. News


“Sou totalmente noveleira. Como todo brasileiro, dou aquela boa deitada na caminha para relaxar e me concentrar na história. Mas a melhor de todas, na minha opinião, foi ‘Gabriela’”, brinca Ivete, que dividiu sua vida entre os palcos e o Projac ao interpretar a cafetina Maria Machadão no remake baseado na obra de Jorge Amado, em 2012. No DVD, ela canta ‘O Amor e o Poder’, de ‘Mandala’ (1987), e ‘Deixa Chover’, de ‘Baila Comigo (1981). Nas histórias, Ivete simpatiza com as vilãs. “Somos carniceiros, gostamos das malvadas. Mas sempre acabamos torcendo para o casal ficar junto”, assume.

Xororó acompanha novelas desde quando a TV ainda era em preto e branco. “A primeira foi ‘Irmãos Coragem’ (1971). Hoje em dia, começo a assistir à novela das seis e acabo pegando todas até a hora do show”, conta o sertanejo, atento, inclusive, à polêmica em torno do tema de abertura de ‘Amor à Vida’ (‘Amar a Vida’, de Gonzaguinha) na voz do sertanejo Daniel, cuja versão tem sido criticada.
“A música é isso, às vezes a gente não consegue agradar a todos. Mas o legal é que a música sertaneja está na abertura de uma novela pela primeira vez. Quando tem, é sempre no meio da história”, opina Xororó, intérprete — ao lado do irmão — de ‘Bem Te Vi’, de ‘O Amor é Nosso’ (1981), e ‘Roque Santeiro’, da novela homônima (1985).

Sandy pegou gosto pela teledramaturgia por influência do pai. “Ele sempre gostou. Eu via junto”, conta. A cantora, que protagonizou ‘Estrela Guia’ (2001), tem três novelas preferidas: ‘Rei do Gado’ (1996), ‘Renascer’ (1993) e ‘Mulheres de Areia’ (1993). A última, aliás, a inspirou em seus trabalhos como atriz“. As gêmeas Ruth e e Raquel foram personagens bem fortes na minha infância, brincava de fazer cenas na frente do espelho”, revela.

Já Zeca Pagodinho prefere novelas de época. “‘Sinhá Moça’ (2006) era muito boa. Aquela com o (Eduardo) Moscovis também”, diz o cantor, referindo-se a ‘O Cravo e a Rosa’ (2001), em que interpretava ‘Jura’, a canção de abertura.

Zeca Pagodinho na gravação do DVD 'Um Barzinho%2C Um Violão'Roberto Filho / Ag. News


Últimas de Diversão