Por daniela.lima

Rio - O novo CD e show de Alcione, ‘Eterna Alegria’, que estreia hoje no Vivo Rio, tem diversos destaques. O principal, apesar do título, talvez seja a homenagem que faz a Emílio Santiago na música ‘Magia do Palco’, de Altay Veloso — ela diz que ainda se recupera da morte do amigo, em março. “Não consigo nem ouvir os discos dele”, desabafa. 

Alcione lança CD no Vivo Rio e já anuncia um novo DVD Divulgação


Mas isso não ofusca a felicidade da artista, e ‘Eterna Alegria’ faz justiça a seu nome. A Marrom, inclusive, já está cheia de planos para um futuro próximo: “Vem um DVD por aí”, anuncia.

Entre as novas canções, uma delas já ficou conhecida do público: ‘Amor Surreal’, tema da Delzuíte, personagem de Solange Badim na novela ‘Salve Jorge’. Alcione faz questão de ressaltar que não abandonou a sua característica temática romântica, mas desta vez vai privilegiar a alegria de sambas de várias vertentes. “A ideia é um trabalho mais alegre, pra cima. O Brasil é um país que tem uma festa, um pagode em cada esquina, e o brasileiro é conhecido pelo bom humor, por sua eterna alegria”, explica. “Claro que os sambas mais lentos e românticos não faltam, mas tem muito pagode e samba pra galera se acabar de dançar”.

‘Eterna Alegria’ tem balanços apaixonados, sincopados, samba-rock, samba-jazz e tantas outras vertentes do gênero, em canções escritas por bambas como Arlindo Cruz (em ‘Difícil de Aturar’ e ‘Ogum Xoroquê Chorou’), Xande de Pilares (o cantor do Revelação é um dos autores do samba-rock ‘Produto Brasileiro’), Jorge Aragão (‘Por Ser Mulher’) e Serginho Meriti (‘Sentença’). O CD e show traz ainda um inédita parceria entre Djavan e Zeca Pagodinho, na música ‘Êh, Êh’, homenagem à Marrom.
“E também tem um blues, ‘Pontos Finais’, que a Ana Carolina mandou especialmente para mim (parceria dela com Dudu Falcão e Chiara Civello)”, destaca Alcione.

Vivo Rio. Avenida Infante Dom Henrique 85, Aterro do Flamengo (4003 -1212). Hoje, às 22h. De R$ 80 a R$ 180. 16 anos.

Você pode gostar