Banda carioca Do Amor burila som e repertório em 'Piracema'

Disco tem participações de Rodrigo Amarante e Arto Lindsay

Por O Dia

Segundo CD da banda carioca Do Amor, ‘Piracema’ foi gerado na fazenda de Três Rios (RJ) que batiza o disco. Mas foge da linha rural.Produzido por Daniel Carvalho, o álbum mais inspirado do grupo alterna climas e ritmos em músicas autorais assinadas por Gabriel Mayall (guitarra e voz), Ricardo Dias Gomes (baixo e voz), Gustavo Benjão (guitarra e voz) e Marcelo Callado (bateria e voz).

Ao abrir o disco, a concretista ‘Ar’deixa a impressão de ‘Piracema’ ser CD climático, hermético. Mas a faixa ‘Ofusca’, gravada com as vozes de Alice Caymmi e Moreno Veloso, apaga tal impressão na sequência. A música soa pop e leve como a fusão de cumbia e carimbó que pauta ‘El cancionero’, tema em que a Do Amor mistura versos em português e em espanhol. O carimbó, aliás, é o ritmo que move ‘Eu vou pra Belém’, figurando também em ‘Undum’.

Com participações de Rodrigo Amarante (banjolão em ‘Pé na terra’) e Arto Lindsay (guitarras em ‘Ninguém vai deixar’), o CD ‘Piracema’ aprimora o som pop do grupo Do Amor. E o repertório está à altura da burilada sonoridade.

Últimas de Diversão