Por tabata.uchoa

Rio - Dezoito anos antes de a abolição da escravatura ser decretada pela princesa Isabel, a escrava Felicidade foi à Justiça para que seu direito à liberdade fosse reconhecido. Verídica, a história é contada no espetáculo ‘A Negra Felicidade’, da Cia. Alfândega 88, em cartaz no Teatro Serrador, na Cinelândia.

Cena do espetáculo%2C que gira em torno de uma história verídicaDivulgação


Dirigida por Moacir Chaves, a peça é construída a partir de documentos históricos, como anúncios de comercialização de escravos e os próprios autos do processo de Felicidade. Também tem como base textos sobre o tema retirado de obras de nomes como Tchekov e Padre Antonio Vieira.

Serviço:

TEATRO SERRADOR. Rua Senador Dantas 13, Cinelândia (2220-5033). De sex a dom, às 19h. R$20. 75 min. 14 anos. Até 21 de julho.

Você pode gostar