Por bferreira

Rio - A caravana de Luan Santana não para. O próximo DVD do cantor, com lançamento previsto para novembro — e ainda sem título —, já teve gravações no Rio, Goiânia (GO), Belo Horizonte (MG), São Paulo (SP), Recife (PE), Mossoró (RN) e Itu (SP). E vem mais: o sertanejo de 22 anos vai gravar flashes e ‘making ofs’ fora do Brasil. Ele cantou ontem no Brazilian Day, em Tóquio (Japão), e faz turnês em Portugal e na Suíça, em outubro.

Megashow em Itu%3A Luan Santana faz apresentação com clima de raveAg. News

“No DVD, queremos trazer um pouco de cada cidade e mostrar a força do nosso público pelos quatro cantos do Brasil”, diz Luan, feliz com a repercussão do EP ‘Te Esperando’. E da música-título, uma balada cuja letra, em tom irônico, fala de um sujeito que faz tudo (tudo mesmo!) pela mulher amada.

“O Brasil é romântico. Que bom que ‘Te Esperando’ faz parte disso”, alegra-se o cantor. A letra do hit, que já foi comparada à exagerada ‘Esse Cara Sou Eu’, de Roberto Carlos, lembra mesmo é o romantismo pós-adolescente e brincalhão das músicas de Clarice Falcão. Mostramos o vídeo de

‘O Que Eu Bebi’, da cantora, e o jovem sertanejo se anima. “Tudo a ver! O amor é entrega sem esperar para ter algo em troca”.

Os preparativos do DVD ocorrem em meio a situações-limite do rompimento com o empresário Anderson Ricardo de Souza (agora, o cantor sertanejo Sorocaba cuida sozinho de sua carreira). Luan e a namorada, Jade Magalhães, 19, permanecem grandes alvos dos paparazzi. A menina, que é estudante de moda, se mete bastante nos figurinos de shows do cantor. “A Jade é ótima. Uma das calças que mais gosto foi presente dela”, diz.

RAVE DO SERTÃO

Itu, a cidade onde — diz a lenda — tudo é grande, ganhou clima de rave para receber Luan. A gravação aconteceu no dia 7 na Arena Maeda, onde já foi realizado o festival SWU, com direito a enormes cenários coloridos. No palco, um telão gigantesco, um elevador e, por alguns minutos, um sofá — para o qual levou duas fãs, em momentos diferentes. Acompanhando as manifestações do Brasil, bandeiras de todos os estados foram levantadas pelos fãs durante a música ‘Dance (A Hora É Agora)’.

“As manifestações foram o grito de ‘basta’ do povo brasileiro. Fiquei orgulhoso. As bandeiras representam cada estado em que cantei. E por que não representar também essa luta das pessoas?”, questiona Luan. Ele escolheu Itu por razões históricas. “É o lugar em que começou o processo que conduziria à proclamação da república”, ensina.

Pelo número de bandeiras levantadas, Luan Santana já pode dizer que conquistou todo o país. Já nos bastidores da apresentação, quem conquistava corações era sua irmã, a estudante Bruna, 18. De vestido azul e pernas de fora, a moça ganhou espaço no noticiário nos dias seguintes ao show.

“Minha irmã é linda, não é? Os fãs a adoram, ela é a estrela da família”, alegra-se.

Você pode gostar