Por daniela.lima

Rio - De perto, ele nem é tão amargo. Mas acabou pagando pela personalidade. O pessoal pegou implicância e, às vezes, diz que não gosta sem sequer ter provado. Portanto, a campanha está lançada: dê uma chance ao jiló. Os cabos eleitorais? Petiscos criados com o fruto verde, que é uma espécie de primo em segundo grau da berinjela. Coisas de botequim. 

A campanha está lançada: dê uma chance ao jiló!Divulgação


Linguiça, toucinho e outras gorduras aromáticas, por exemplo, combinam que é uma beleza com o amargor, e afastam o preconceito. No caso, o melhor é começar com os bolinhos do Granel, em Niterói, até chegar ao pratinho de jiló, maxixe e quiabo, apenas cozidos, do Bar do Costa, em Vila Isabel. Escolha as ampolas mais geladas para testemunhar o percurso e não tenha medo de ser feliz.

No Armazém Granel, o bolinho de jiló leva calabresa, bacon e queijos, e vem acompanhado de dose de cachaça Magnífica, porque a pinga é grande companheira do verdinho (R$ 13, duas unidades, e R$ 19, quatro).

Ainda na frigideira, o Bar do Mineiro faz no fim de semana, em edição especial, suas fatias de jiló empanadas no fubá (R$ 18). Difícil não curtir. E o Bar do Momo, na Tijuca, oferece quatro versões recheadas: de carnes seca e assada, queijo e linguiça, com refogado de cebola, tomate e pimentão, e queijo ralado por cima (R$ 4 a unidade). É só pedir, a partir das 17h, que o Toninho capricha. Para acompanhar, a batida de maracujá é famosa na região.

A carne assada permanece ao lado no sanduba Caverna do Sat’s, lançado em Copacabana pelo Galeto Sat’s. São três unidades no pão francês, servidas como na foto (R$ 13).
E a lasanha de jiló é tira-gosto concorrido no Da Gema, na Tijuca. Faz salivar com fatias finas no lugar da massa, recheio de queijo, calabresa e molho à base de tomate (R$ 7).

Completando o roteiro, o jiló aparece quase como veio ao mundo no Bar do Costa, em Vila Isabel. E vem com maxixe e quiabo, todos cortados e cozidos, temperados e cobertos com cebola refogada (R$ 10). No palito, para profissionais do balcão.

ARMAZÉM GRANEL. Av. Almirante Tamandaré 184, Piratininga (2619-4968). De ter a qui, das 17h à 1h. Sex, das 17h às 3h. Sáb, de meio-dia às 15h e das 18h às 3h. Dom, de meio-dia às 18h. Cc: Todos. BAR DO COSTA. Rua Torres Homem 150, Vila Isabel (2204-0240). De ter a dom, das 10h à meia-noite. Cc: Todos. BAR DO MINEIRO. Rua Pascoal Carlos Magno 99, Santa Teresa (2221-9227). De ter a qui, das 11h à 1h. Sex e sáb, das 11h às 2h. Dom, das 11h à meia-noite. Cc: Diners, Mastercard e Visa. BAR DO MOMO. Rua General Espírito Santo Cardoso 50, Tijuca (2570-9389). De seg a sex, das 6h às 2h. Sáb, das 6h às 22h. Dom, das 6h às 18h. Só aceita dinheiro. DA GEMA. Rua Barão de Mesquita 615, Tijuca (2208-9414). De seg a qua, das 17h à meia-noite. De qui a sáb, de meio-dia às 2h. Dom, de meio-dia às 19h. Cc: Todos. SAT’S. Rua Barata Ribeiro 7, Copacabana (2275-6197). Diariamente, de meio-dia às 4h. Cc: Todos.

Você pode gostar