Brinquedo tem superaquecimento e é interditado no Rock in Rio

Lugares estavam ocupados no momento da pane

Por O Dia

Rio - Um superaquecimento no gerador interrompeu a diversão de dezenas de pessoas que aguardavam cerca de duas horas e vinte minutos para se aventurar no brinquedo Turbo Drop - torre na qual o usuário despenca por 40 metros em segundos -, por volta das 20h30 desta sexta-feira.

Os 16 lugares do brinquedo, que veio de um parque de diversões de Buenos Aires, na Argentina, estavam ocupados no momento da pane. Não houve pânico. Segundo funcionários que supervisionam a atração, os usuários estavam a menos de 10 metros do chão quando o Turbo Drop parou.

A estudante Barbara Corrêa, de 17 anos, estava decepcionada. "As filas estão grandes, mas decidi apostar nesse brinquedo. É muito decepcionante que um brinquedo dê problema já no primeiro dia de festival", lamentou.

É a primeira vez que o brinquedo apresenta pane, de acordo com os responsáveis. "Nunca deu problema na Argentina, só aqui no Brasil", disse um funcionário da atração que não quis se identificar.

A assessoria de imprensa do Rock in Rio informa que o funcionamento do brinquedo Turbo Drop se normalizou assim que a operação do gerador foi reestabelecida.

Últimas de Diversão