Valesca Popozuda prepara show com música de Caetano Veloso

Solteira, funkeira não vê problema em ficar com fã e diz que agora segue as tendências de moda

Por O Dia

Rio - A letra da música ‘Gatas Extraordinárias’, sucesso de Caetano Veloso eternizado por Cássia Eller, traz o verso “O batidão do meu coração na pista escura”. Pronto: se tem as palavras ‘batidão’ e ‘pista’ na mesma frase, tem tudo a ver com o funk. E, acredite, ela estará no roteiro do poderoso show que Valesca Popozuda estreia no próximo sábado, na festa BaiLED, na Fundição Progresso — onde a funkeira, inclusive, vai comemorar seu aniversário de 35 anos, completados no dia seguinte. Repleta de efeitos especiais, a megaprodução tem a assinatura da mesma trupe que preparou o ‘Show das Poderosas’, da mais recente febre do gênero, Anitta. 

Valesca Popozuda prepara show com música de Caetano VelosoMaíra Coelho / Agência O Dia


“Vai ser tudo grandioso, coisa que nunca tive nas minhas apresentações. Vão ter uns dez bailarinos no palco comigo... aliás, bailarinos, não! Serão os meus popô-dancers!”, define Valesca.

As novidades na vida da Popozuda vão além do palco. Ela conta que acaba de incorporar um novo hábito para manter em cima não só o popô, mas todo o corpão. “Eu ia direto à musculação, mas parei, estava dando hipertrofia, deixando meu corpo sem molejo. Recentemente, passei para o pilates, que alonga, dá flexibilidade e ajuda na respiração. E é bom para cantar”, recomenda. “Quando olhei aquelas bolas, pensei: ‘Isso é mole!’. Pô, que nada, é pior que malhação!”. 

Valesca diz que agora segue as tendências de modaMaíra Coelho / Agência O Dia


Os cuidados continuam com a alimentação (“Durante a semana, não como besteira, só peixe e salada... mas, se me chamar para um churrasco, não recuso!”) e no salão, onde bate ponto duas vezes por semana. Ela tem que se cuidar, afinal, ficou conhecida pelo visual que valoriza a sensualidade.

“Eu sou dada, e as pessoas acham que esse meu jeito dá medo nos homens, mas não rola isso, não. Dou minhas namoradas, quando conheço um fã interessante, eu fico. Mas não estou comprometida e não gosto de ficar com ninguém famoso”, avisa.

Enquanto não encontra um dono para o coração, Valesca toca a vida com a força do filho, Pablo, de 13 anos. “Ele dá opiniões sobre minha carreira. Quer sempre que eu esteja na moda”, orgulha-se. “Tenho acompanhado mais as tendências e me vestido de acordo com o que vejo nos desfiles”, diz.   

'Dou minhas namoradas%2C quando conheço um fã interessante%2C eu fico'%2C disparaMaíra Coelho / Agência O Dia


Castelo medieval e beijinho no ombro

“Anitta é a poderosa, mas a Valesca é a Rainha do Funk”, classifica Pedro Nercessian, que, junto do também produtor e ator Pablo Falcão, assina tanto o ‘Show das Poderosas’ de Anitta quanto o novo espetáculo da Popozuda. “Como somos atores, queremos sempre dar um ar teatral às produções.”

Para Anitta, o impacto começava na entrada em cena, dentro de uma limusine. Para Valesca, a ideia é dialogar com o clipe de sua nova música, ‘Beijinho no Ombro’, que vai ser filmado em um castelo com ares medievais. “Ela virá como uma rainha e vai ter muitos truques de ilusionismo”, anuncia Pablo Falcão.

Apesar de assinarem os shows das duas divas do funk, os produtores — responsáveis pela badalada festa Chá da Alice — logo fazem questão de avisar que as duas artistas são bem diferentes. “Não dá para comparar. É como se quisesse escolher entre a Madonna e a Lady Gaga”, ressalta Pedro Nercessian.

Valesca Popozuda diz que vê com bons olhos a chegada de uma nova estrela do gênero. “Sou fã dela, é talentosa, só desejo sorte para ela”, afaga. Mas provoca: “Fazer sucesso com uma música é fácil, o desafio será se manter por anos em evidência”.



Últimas de Diversão