Por tabata.uchoa

Rio - Quando chegaram à frente da casa de Brian Mcknight, ícone do R&B, em Las Vegas, os integrantes do Sorriso Maroto — há mais de 15 anos na estrada — experimentaram uma sensação mais comum aos fãs: o nervosismo de estar bem diante do ídolo.
“Falei para o Sérgio (violonista e compositor): ‘Sai você primeiro (do carro)’. Ele respondeu: ‘Ah não, vai você’. Depois, eu disse: ‘Tá bom, vamos todos juntos”, diverte-se Bruno, vocalista do Sorriso.

Era a realização de um sonho: os autores de ‘Assim Você Mata o Papai’ gravaram com Brian a canção ‘Mais Fácil’, atual música de trabalho do recém-lançado EP ‘Riscos e Certezas’. Já tem até clipe saindo do forno: as cenas foram gravadas na semana passada na Estação Leopoldina, com presença da atriz Cris Vianna.

Da esq. para dir.%2C os músicos Vinícius Augusto%2C Fred%2C Brian Mcknight%2C Bruno Cardoso%2C Sérgio Jr. e Cris Oliveira Carlo Wrede / Agência O Dia

“Sempre admiramos muito o trabalho do cara. Ele teve uma grande influência no nosso som. Mas, dentro da minha galeria de sonhos, gravar com ele era algo muito distante. É muito louco trabalhar com um cara que você admira muito, mas que está do outro lado do mundo, com uma cultura totalmente diferente da nossa”, explica Bruno.

Sinal dos tempos: o encontro foi todo costurado no mundo virtual, com uma ajudinha da perseverança da fã Cristiane Tumbry, que curte os dois artistas. Brasileira radicada em Boston, nos Estados Unidos, foi ela quem colocou, pela internet, Bruno em contato com Brian. Tudo começou com um post no Twitter.

“Postei uma foto que tirei com o grupo ‘Boyz II Men’ e a dediquei ao Bruno. Aí, ele começou a me seguir. Ele comentou comigo que estava compondo, que gostava muito do Brian...”, lembra Cristiane, que de fã já virou praticamente produtora: acompanhou o cantor durante a visita ao Brasil. “Ela (Cristiane) me perguntou se eu queria gravar com o Brian. Eu respondi que sim, claro! Depois, ela foi lá vender nosso peixe para ele”, conta Bruno.

Deu certo. E não demorou para Brian se encantar com o suingue dos brasileiros. “Bruno é um dos melhores vocalistas do mundo”, afirma Brian. “Nós, americanos, achamos que estamos na frente de todo mundo. Não é verdade. Costumávamos ser originais, mas nos tornamos uma nação de cópias. Por isso, há mais gente, como eu, olhando para outros lugares para criar coisas novas”, opina.

NOVA CARA

A parceria com o cantor norte-americano vem bem no momento em que a veia romântica do Sorriso abre alas para baladas mais animadas, com uma pegada mais alto-astral. “Esse nosso lado alegre, descontraído, pegou. Todo mundo cantou ‘Assim Você Mata o Papai’, por exemplo. Até quem não curtia o gênero”, comenta Bruno. Eles só refutam o rótulo de ‘pagodeiros’. “Somos do samba. Sempre seremos. Pagode não é gênero. É uma reunião de sambistas”.

Você pode gostar