Por tamyres.matos

Rio - Bárbara Paz prefere não abrir o jogo tão facilmente. Eis a pergunta que não quer calar: ela faz ou não uma cena de nu no espetáculo ‘Vênus em Visom’, que estreia amanhã, às 21h, no Teatro do Leblon, na sala Marília Pêra? “Tem que assistir à peça para ver”, ela se esquiva, de início. “Algo a gente mostra”, conta, antes de finalmente confessar: “Dá para ver quase tudo da Wanda.”

Ela se refere à personagem que interpreta no espetáculo, adaptação brasileira para um sucesso da Broadway escrito pelo dramaturgo David Ives. Wanda é uma atriz em busca de um papel numa peça baseada em ‘A Vênus das Peles’, clássico do autor austríaco Leopold von Sacher-Masoch, cujo nome inspirou o termo masoquismo. Para isso, faz uma verdadeira sessão de sedução e dominação com o diretor, interpretado por Pierre Baitelli.

Bárbara Paz interpreta Wanda em ‘Vênus em Visom’Leo Aversa

“Ela é uma atriz que chega esbaforida para um teste. E, então, há esse jogo de dominação, humilhação, masoquismo. A peça é uma sala de ensaio, uma atriz e um diretor. É o aqui e o agora”, define Bárbara, que aparece ruiva em cena.

Curiosidade: o espetáculo é dirigido pelo cineasta Hector Babenco, marido da atriz. Bem, até aí, tudo normal. É que, na adaptação da peça para o cinema de Roman Polanski, que passou pelo Festival de Cannes, quem faz o papel de Wanda também é a mulher do diretor, a atriz Emmanuelle Seigner.

“Quando li a notícia de que eles iriam adaptar a peça, fiquei muito surpresa. É uma coincidência muito grande. Uma coisa maravilhosa. Eu adoro a Emmanuelle. E também sou muito fã do Polanski”, festeja.

Aliás, Polanski, aproveitando a discussão aberta pela trama sobre a disputa entre sexos, já afirmou: “Hoje em dia, se você oferece flores para uma mulher, é considerado indecente”. Bárbara pondera: “Depende qual a mulher, a ocasião e o momento. Eu adoro (receber flores)!”
Curiosidade número dois: Bárbara assopra as velinhas bem no dia da estreia da peça: faz 39 anos amanhã. “Estou passando por um momento de amadurecimento. Ao longo de todos esses anos, cresci muito. Nessa profissão de atriz, quanto mais se faz, mais se aprende.”

Félix vai se declarar e jurar amor a Edith%2C mas tudo pode mudar quando ele descobrir que o pai de seu filho é%2C na verdade%2C CésarDivulgação

Se é assim, ela prossegue a caminhada na TV coma sua sexta novela da carreira. Em ‘Amor à Vida’, faz sucesso como a ex-garota de programa Edith, casada com Félix (Mateus Solano). “Ser mulher do Félix vai ser eterno na minha vida”, gargalha.

E tem novidade por aí. O vilão vai descobrir que Jonathan (Thalles Cabral) é filho de César (Antônio Fagundes). “Félix vai fazer uma grande declaração para a Edith. Mas, depois que souber a verdade, não sei o que acontecerá com os dois.”

Você pode gostar