Por raphael.perucci
Ator%2C roteirista e poeta%3A Gregório Duvivier aplica humor em tudo o que fazDivulgação

Rio - O telefone toca, até que se ouve a gravação: “Guegrório, Gório, Gue, Gro...” Ator e roteirista do canal do YouTube Porta dos Fundos, Gregório Duvivier é assim: faz graça até na mensagem da caixa postal do próprio celular. O que a grande maioria não sabe é que, além de interpretar e escrever esquetes para o canal de comédia mais assistido da internet, ele também faz poesia — com humor, é claro —, como pode-se conferir em seu livro ‘Ligue os Pontos — Poemas de Amor e Big Bang’ (Companhia das Letras, 85 págs., R$ 38).

“O humor é muito parecido com a poesia, ambos puxam o nosso tapete”, Gregório vai logo ressaltando, em entrevista por telefone ao DIA. “Apesar do título do livro, as poesias não são românticas, mas têm muito amor”, completa ele, que, logo nas primeiras páginas, dedica o livro à namorada, Clarice Falcão.

Foi ela quem o incentivou a tirar os textos que guardava há anos na gaveta e publicar o seu segundo livro, em que mostra uma visão mais pessoal e poética sobre tudo que o rodeia. O primeiro, ‘A Partir de Amanhã Eu Juro Que a Vida Vai Ser Agora’, saiu em 2008, arrancando elogios de nomes como Ferreira Gullar e Millôr Fernandes. “Com a poesia, abro o coração e digo: ‘Sou assim’”, assume Gregório, que se considera tímido.

“O Porta trouxe uma popularidade muito grande para todos nós. Mas a fama não me atrapalha. É bom que atrai o interesse do público para as outras coisas que faço”, avalia.

Você pode gostar