Por daniela.lima

Rio - ‘Bate Bola’ é o nome do disco do grupo formado por Afonso Machado, o filho Tiago Machado, o ex-MPB 4 Ruy Faria e seu filho Chico Faria. Poderia ser o nome do quarteto. “Chegamos a pensar em Banda Bate Bola, aí seria BBB”, brinca Ruy, fugindo um pouco do tema principal do disco: o futebol, e as grandes músicas brasileiras que abordam o esporte. 

Chico Faria, Tiago Machado, Afonso Machado e Ruy Faria: clássicos da MPB futebolística em ‘Bate Bola’Pat Duarte


O projeto do disco surgiu justamente do apego do quarteto às peladas. “Eu, o Afonso, o Chico e o Thiago jogamos pelada no Politheama (campo do Chico Buarque) religiosamente às segundas e quintas-feiras”, recorda Ruy. “Com a proximidade da Copa, vimos que seria um disco muito bom.”
Ao lado de músicos como João Faria (baixista e também filho de Ruy), Diego Zangado (bateria) e Marcelo Caldi (acordeon), recordam ‘Um a Zero’ (Pixinguinha), ‘O Futebol’ (Chico Buarque), ‘Na Cadência do Samba’ (Luiz Bandeira) e dois clássicos de João Bosco e Aldir Blanc (‘Incompatibilidade de Gênios’ e ‘Linha de Passe’). Chico e Carlinhos Vergueiro fazem participações vocais. “Toda hora lembrávamos de alguma que poderia fazer parte do disco”, conta Ruy. ‘Isso Aqui Tá Bom Demais’, forró de Dominguinhos e Nando Cordel, não fala sobre futebol, mas está no repertório. “É uma musica de celebração, e futebol é isso”, alegra-se.

O repertório ganha os palcos amanhã e quarta, no Sesc Arena, em Copacabana. Um clássico do MPB 4, fundado por Ruy, está no repertório: ‘Amigo É Pra Essas Coisas. “Não tenho mais contato com os outros do MPB 4, mas senti muito a morte do Magro (cofundador do grupo), em 2012. Sempre estivemos perto, elaborando os shows do grupo”, lamenta.

Você pode gostar