Por julia.sorella

Rio - É uma espécie de corrida do ouro. Na aventura, há desafios como a natureza selvagem e o frio de gelar os ossos. Em ‘Alaska Gold Diggers’, nova série que estreia hoje, às 22h, no Animal Planet, cinco mulheres do sul da Califórnia — mãe e quatro filhas — deixam o conforto de suas casas e partem para uma região remota do Alasca para reabrir as minas de ouro herdadas do patriarca da família.

Quando a cotação do ouro atinge a maior alta, Sara Jane Bartholomae e as filhas Krista, Korre, Kamme e Tori juntam suas economias e embarcam para o território gelado. As minas que elas querem recuperar ficam em Nome e Fairbanks, e pertenciam ao pai de Sara Jane, William Bartholomae, um magnata do petróleo e do ouro que venceu na vida por conta própria. Ele foi assassinado quando Sara ainda era criança.

Sara Jane Bartholomae e as filhas Krista, Korre, Kamme e Tori procuram ouro no Alasca Divulgação

Contra Tempo

Ao longo da série, em seis episódios, as cinco mulheres contam com a ajuda de um grupo de mineradores para aprender a garimpar no rio e procurar ouro. Só que elas correm contra o tempo, pois têm apenas seis semanas para garantir o retorno de seu investimento antes da chegada do inverno rigoroso.

Enquanto Sara Jane sabe usar uma arma e tem alguma experiência de convívio com a natureza, as filhas não levam o menor jeito. Elas ficam acampadas em tendas ao ar livre.

Ao lado de mineradores, as mulheres garimpam no rio e, muitas vezes, encontram ouro. O programa também explora eventuais divergências entre mãe e filhas.

Você pode gostar