A primeira vez de Manu Gavassi

Cantora que virou fenômeno na Internet estreia como atriz na novela das 21h e lança segundo CD

Por O Dia

Rio - Sucesso entre o público teen, a cantora Manu Gavassi, 21 anos, vem se aventurando em outra praia. Apesar da experiência nos palcos, ela está estreando como atriz em ‘Em Família’, em que vive sua primeira personagem, a também cantora Paulinha, namorada do flautista Leto (Ronny Kriwat), filho de Laerte (Gabriel Braga Nunes). “Desde criança, eu queria ser atriz. Meus pais eram atores, se conheceram no teatro. Cresci com essa ideia na cabeça, queria atuar e cantar. Mas a música aconteceu primeiro”, diz Manu, que também está lançando o segundo CD da carreira, ‘Clichê Adolescente’. 

Manu Gavassi conta que sonhava ser atriz desde criança%3A ‘Mas a música aconteceu primeiro’ Divulgação


Preparada para o papel ela garante que está. “Fiz o curso de teatro Célia Helena, em São Paulo, e o curso de interpretação em TV do Wolf Maya por três meses. Mas a vida inteira eu fiz peças de teatro. Há um ano, corri atrás e comecei a fazer testes para valer”, conta a cantora, que pretende conciliar os shows de sua nova turnê com as gravações da novela de Manoel Carlos. “Acho que a novela aconteceu na hora certa. Se eu não tivesse a bagagem dos últimos quatro anos, acho que seria bem diferente.”

Manu também comemora o fato de sua primeira personagem ter ligação com a música. Na trama, Paulinha é uma jovem cantora pop que mora no Vidigal. A diferença social entre ela e o namorado vai ser um dos motivos de conflito, principalmente porque a mãe do rapaz, Shirley (Viviane Pasmanter), não apoia o relacionamento. “Gravei poucas cenas, não sei ainda como a história vai se desenrolar, mas vai haver alguns atritos”, adianta.

Cena de beijo não é problema. A cantora garante que não se inibiria também em uma sequência mais sensual. “Já beijei muito nos clipes das minhas músicas. Mas ainda não tive uma cena mais desafiante. Talvez uma sequência mais dramática exija que eu me prepare mais”, diz.

Namorada do também ator e cantor Chay Suede, ela jura que não rola ciúme das duas partes. Pelo contrário. “Ele entende o que está acontecendo comigo agora porque já passou por isso. Temos uma relação bem tranquila, de confiança. Aos poucos, a gente vai acomodando as coisas, o trabalho de um e do outro. Chay me deu muita força no meu sonho, é um parceiraço”, derrama-se.

TRANQUILA COM ASSÉDIO

Compondo desde os 13 anos, Manu estourou como cantora depois de colocar seus vídeos na web — são mais de 20 milhões de visualizações. Após conquistar um legião de adolescentes, ela espera ganhar um novo público. “Acho que a exposição na novela vai ajudar a conquistar novos fãs. Quanto ao assédio, sou muito tranquila. Depende muito da forma como você se coloca. Para mim, é o reconhecimento do trabalho.”

A cantora usa a internet como poucos para falar com os adolescentes, meninas em sua maioria. “Procuro passar mensagens legais e não peço só ‘me ame, me ame’”, garante. Até conselheira sentimental ela virou. “Recebo cartas de mães agradecendo pelos conselhos que dou às filhas. É uma responsabilidade muito grande. Elas me pedem conselhos amorosos como se eu fosse um guru.”

No dia 6 de abril, Manu faz o primeiro show para lançar o novo CD no Teatro Bradesco, em São Paulo. “Participei de todo o processo de produção do disco. Gosto de falar sobre relacionamentos amorosos. O que mudou nesse trabalho é que eu cresci, amadureci, e o meu público se transformou comigo. Não escrevo mais da mesma maneira que antes”, diz.

Últimas de Diversão