Por daniela.lima

Rio - Brasileira Ellie Kurttz, radicada em Londres há 20 anos, é uma das principais fotógrafas de teatro da Inglaterra. Agora, os cariocas têm a oportunidade de conhecer um pouco do seu trabalho na exposição ‘Shakespeare/Ellie Kurttz’, parte das comemorações do Centro Cultural Banco do Brasil em homenagem aos 450 anos de nascimento do dramaturgo inglês. 

Ian Mckellen no palco%2C na peça ‘Rei Lear’%3A imagem feita em 2007Divulgação


Na mostra, apenas imagens relacionadas à obra de Shakespeare. Estão lá produções da Royal Shakespeare Company, do Shakespeare’s Globe e de companhias de todo o mundo que visitaram os principais palcos ingleses durante festivais internacionais de teatro shakespeariano, além de imagens exclusivas dos bastidores, como uma da atriz Judy Dench se maquiando para entrar em cena, além de fotos dos atores Ian McKellen e Patrick Stewart.

Segundo Ellie, seu desejo é revelar a diversidade e universalidade de Shakespeare. “Suas obras são universais porque ele tratava de temas da natureza humana, sentimentos reais e globais que permanecem contemporâneos e presentes na humanidade, indiferentemente de que país se tenha nascido ou a que classe social se pertence. Shakespeare pertence a todos”, comenta a fotógrafa.

Paul Heritage, diretor artístico da People’s Palace Project, produtora da mostra, faz uma analogia entre o magnetismo da obra do dramaturgo e o Brasil. “Ambos impressionam e atraem pela grandeza das histórias, das tragédias às celebrações. É um antagonismo em constante movimento, grandioso pela expressão da cultura, do aqui e agora. É um prazer falar de novo do nosso autor inglês em solo brasileiro”, analisa.

A exposição, que fica em cartaz só até dia 23, é parte da programação do Fórum Shakespeare, que apresenta uma série de atividades gratuitas, abertas ao público, como palestras, debates, oficinas e seminários educacionais.

CENTRO CULTURAL BANCO DO BRASIL. Rua Primeiro de Março 66, Centro (3808-2020) . De qua a seg, das 9h às 21h. Grátis. Até 23 de abril.

Você pode gostar