Feijoadas, montagem teatral e exposição homenageiam São Jorge

Conheça a programação do feriado, que inclui festa, exposição, teatro e, claro, feijoada com muito samba

Por O Dia

Rio - Se tem um santo que o carioca adora, esse é São Jorge. Tanto que ele nem é o padroeiro da cidade, mas tem até feriado para celebrar o seu dia. O Santo Guerreiro que matou o dragão é um dos mais venerados no catolicismo e em diversos cultos de religiões afro-brasileiras. E, no dia dele, comemorado hoje, não são apenas as igrejas e outros templos religiosos que rendem homenagens. A programação também inclui festa, exposição, teatro e, claro, feijoada com muito samba.

As feijoadas, aliás, se destacam. Uma delas é a ‘Filhos de São Jorge’, promovida pelo ator Nando Cunha, o inesquecível Pescoço da novela ‘Salve, Jorge’, devoto do santo guerreiro. Este ano, como em 2013, a festa será no América Futebol Clube, na Tijuca. Tudo começou nove anos atrás, quando Nando fez o primeiro evento, em agradecimento por uma graça alcançada. Detalhe: desde então, é tudo grátis, com exceção das bebidas.

Nando Cunha prova a sua tradicional feijoada%2C que acontece há nove anosDanielle Souto

A devoção por São Jorge teve início para Nando na infância. Frequentava a igreja com a mãe. Mas foi em 2003 que a fé do ator ficou mais forte. “Estava em uma fase de vacas magras, pensando em desistir da carreira, quando fui à igreja de Quintino. Levei a carteira de trabalho e pedi pela minha vida profissional. Na saída, encontrei a produtora de elenco de uma peça e ela me disse que tinha gostado muito do meu teste. Dias depois, fui confirmado para fazer Grande Otelo no teatro. O milagre foi imediato”, afirma. Três anos depois, Nando decidiu agradecer pelas graças recebidas organizando uma feijoada em homenagem a São Jorge.

“Comecei fazendo no play do prédio de um casal de amigos, para 30 pessoas. No ano passado, foram três mil pessoas ao América Futebol Clube”, diz o ator, que está no elenco de ‘Geração Brasil’, próxima novela das sete da Globo. A festa ainda vai ter muito samba com o grupo Manguaça, liderado pelo ator, e com o Melanina Carioca. “A quem puder, peço que leve um kit de higiene pessoal, com sabonete, pasta e escova de dente, xampu e hidratante, para doarmos aos idosos do Abrigo Cristo Redentor”, pede o ator.

Outra feijoada que promete hoje é a do Timoneiros da Viola, feita pela dona do feijão mais famoso e premiado do Rio: a portelense Tia Surica. É a partir das 13h, na Arena Carioca Fernando Torres, em Madureira. No palco, Grupo Exporta Samba e Rixxa, intérprete oficial do bloco Timoneiros da Viola.

Finalizando o roteiro de feijoadas, no Recreio a pedida é a do grupo Os Morenos, no Barril 8000. Sucesso na década de 90, a banda acaba de lançar novo disco, ‘A Gente tá Bem’. A abertura será com Gabi D’Paula.

Na Praça da Harmonia, na Gamboa, os devotos de São Jorge poderão conferir, de graça, a apresentação do espetáculo ‘A Saga de Jorge’, da Companhia Brasileira de Mystérios e Novidades, a partir das 18h. A montagem é baseada na versão alagoana da Folia de Reis — ‘O Guerreiro’ — e conta, em forma de folguedo, com seus dançadores e cantores multicoloridos, a história de São Jorge contra os dragões da maldade e do caos, reconstituindo nesta celebração a figura mítica que se preservou nas mais diferentes culturas.

Outra homenagem ao santo hoje é a abertura da exposição ‘Salve São Jorge’, que reúne diversos artistas na Sergio Gonçalves Galeria. Esta é a sexta edição da mostra, idealizada pelo artista plástico Raimundo Rodriguez, outro devoto do Santo Guerreiro. Como nos anos anteriores, Rodriguez chamou vários artistas para expor obras que fazem referência a São Jorge. O convite foi feito através das redes sociais, abrindo espaço para criadores de todo o Brasil. Apenas uma exigência: todas as obras deveriam ter 23cm x 23cm. A técnica e o suporte não importavam.

“São Jorge é admirado por sua força e perseverança, ele representa o artista, pois não desiste nunca. Por isso, todos os anos procuro celebrar esse ícone poderoso através da arte, e, nesta edição, convidei os mais diferentes artistas para apresentarem suas obras”, explica Raimundo Rodriguez, que não sai de casa sem uma peça de roupa que faça referência a seu protetor. “Receber a exposição ‘Salve São Jorge’ no mês do aniversário da galeria é como ganhar mais um ano de proteção, mais um ano de sucesso”, comemora o curador Sergio Gonçalves. “Além disso, receber uma exposição inspirada por Raimundo Rodriguez é uma honra, o trabalho dele e o de todos os artistas estão incríveis”, finaliza.

Onde e quando

Feijoada Filhos de Jorge. América Futebol Clube. Rua Campos Salles 118, Tijuca (2565-7916). Hoje, às 13h. Grátis. Proibida a entrada com camisa de time.

2ª Feijoada de São Jorge do Timoneiros da Viola. Arena Carioca Fernando Torres. Bernardino de Andrade 200, Parque Madureira (3495-3093). Hoje, às 13h. R$ 20 (entrada) e R$ 15 (feijoada).

A Saga de Jorge. Praça da Harmonia, Gamboa. Hoje, às 18h. Grátis. Livre.

Salve São Jorge. Sergio Gonçalves Galeria. Rua do Rosário, 38 Centro (2263-7353). Abertura hoje, às 14h. De ter a sex, das 11h às 19h. Sáb, das 11h às 18h. Grátis. Até 10 de maio.

Feijoada de São Jorge — Os Morenos. Barril 8000. Avenida das Américas 13.970, Recreio dos Bandeirantes (7708-8976). Hoje, às 13h. R$ 15 (ingresso sem feijoada) e R$ 25 (com feijoada).

Colaborou: Regiane Jesus

Últimas de Diversão