Público solta a voz em show no Rival

Cantora Rosanah é a convidada especial de karaokê que faz a plateia virar artista

Por O Dia

Rosanah participa do show ‘Cassino dos Gatunos — Vem Karaokê’Divulgação

Rio - Cantar no chuveiro é coisa do passado. Karaokê em frente a um frio monitor de TV também já foi. A boa é soltar a voz em cima de um palco, com direito a ser acompanhado por uma banda tocando ao vivo. Essa é a proposta do show ‘Cassino dos Gatunos — Vem Karaokê’, que estreia hoje no Teatro Rival, a partir das 18h30, com o grupo Gatunos do Rocha à frente do projeto e participação especial da cantora Rosanah.

No espetáculo, a atração principal é o público. “Nós achamos que todo mundo tem o desejo de um dia cantar em um palco, então estamos aqui para fazer desse sonho realidade”, diz Marcos Oliveira, vocalista do Gatunos do Rocha, que ainda conta com Ana Markun, Mario Hermeto, Rodrigo Candelot, D’Alessandro Mangueira e Felipe Magalhães.

E, como se soltar a voz no palco do Teatro Rival fosse pouco, os melhores cantores da noite ainda serão premiados com cortesias para shows da casa, entre outros brindes. E ninguém precisa ser afinado para fazer bonito. “Vale cantar mal. O que vai contar é a performance. A Rosanah, como madrinha do projeto, é quem vai dar a palavra final”, conta Oliveira.

A presença da cantora Rosanah na estreia não é obra do acaso. Nas apresentações que o Gatunos do Rocha faz há cerca de três anos, o ponto alto é quando eles tocam ‘O Amor e o Poder’, grande sucesso da cantora, que foi tema da novela ‘Mandala’ (1987). “Sou fã de karaokê. Achei a proposta interessante e divertida. Vai ser bacana ver a interação do público”, diz Rosanah.

Nas quartas do Rival, o público é a estrela do happy hour, mas os anfitriões também vão dar canja sem acompanhamento da plateia. “Antes de liberar a bagunça, fazemos um pocket-show com umas quatro músicas. E, hoje, teremos a Rosanah cantando o ‘Amor e o Poder’”, conta Oliveira.

Reportagem: Regiane Jesus

Últimas de Diversão