Futebol arte: Exposições gratuitas retratam o esporte que é paixão nacional

A bola só vai rolar a partir do dia 12 de junho, mas o esquenta para a Copa do Mundo já segue a todo vapor

Por O Dia

Rio - A bola só vai rolar a partir do dia 12 de junho, mas o esquenta para a Copa do Mundo já segue a todo vapor. E o futebol se mistura com a arte no calendário cultural do Rio, que contará com uma série de exposições em que a estrela maior é o esporte bretão. A mostra ‘Preliminar’ dá o pontapé inicial hoje e pode ser visitada até o dia 8 de junho na Caixa Cultural. Ela apresenta ao público peças usadas por alguns dos maiores craques da Seleção Brasileira de todos os tempos, como Amarildo, Pelé e Zagallo, passando pelo atual goleiro, Júlio César. 

Na exposição ‘Futebol para Igualdade’%2C no Museu da República%2C o esporte mais popular do Brasil é visto como ferramenta socioeducativaDivulgação


“Sem dúvida, os uniformes dos jogadores são o destaque dessa exposição, e no dia 11 de junho vamos inaugurar outra, ainda mais completa, no estacionamento do shopping Nova América”, diz Ricardo Correa, curador geral das mostras.

O estacionamento será o campo para ‘Brasil: Um País, Um Mundo’. Nela, além de ver todas as peças da exposição ‘Preliminar’, os visitantes ainda terão a oportunidade de calçar a réplica de uma chuteira de 1930, ver uma série de fotos históricas e ainda curtir jogos interativos. “É uma diversão que une cultura, entretenimento e informação. E o melhor é que agrada a várias gerações. O netinho que é fã do Neymar vai se emocionar tanto quanto o avô que tem o Pelé como ídolo”, acredita Correa.

Já o Centro Cultural dos Correios abre as suas portas amanhã para a mostra ‘Arte Naïf, a Bola da Vez’, que apresenta ao público 80 obras que retratam os cinco campeonatos mundiais vencidos pelo Brasil, além de jogos históricos da nossa Seleção. “Através de uma arte colorida, alegre e divertida vamos mostrar a todos que visitarem a exposição a visão naïf da nossa grande paixão nacional. Os 38 pintores que participaram desse projeto fazem um apanhado dos nossos campeonatos, mas passam também pelo futebol amador, pela tradicional pelada de rua”, conta Jaqueline Finkelstein, diretora do Museu Internacional de Arte Naïf (Mian).

Os pequenos também sentirão o gostinho de ser artista por um dia. “Depois de visitar a exposição, as crianças serão convidadas a fazer uma pintura retratando a maneira que veem o futebol. Esses desenhos formarão um grande painel”, conta Jaqueline.

O aspecto social do esporte mais popular do Brasil é o tema da exposição ‘Geração Futebol’, que poderá ser conferida pelo público a partir desta sexta-feira, 30 de maio, na Galeria da Aliança Francesa. Na mostra, o fotógrafo francês Pierre Emmanuel Urcun, que trabalha com projetos educativos pelo mundo, exibe 40 retratos que fez de jovens carentes de vários países que têm em comum a paixão pelo futebol.

“O trabalho do Pierre prova que o futebol também é um meio de acesso à educação. Os jovens da França, do Senegal, da África do Sul e do Brasil que têm suas imagens retratadas em ‘Geração Futebol’ de alguma forma passaram a ter mais oportunidade de conhecimento através do esporte”, afirma Isabelle Diris, diretora cultural da Aliança Francesa.

O agasalho usado por Amarildo na Copa de 1962%2C da exposição ‘Preliminar’Divulgação


Seguindo essa mesma linha, da perspectiva de que o futebol é uma ferramenta transformadora, a exposição ‘Espaço Futebol para a Igualdade’ chega no dia 4 de junho ao Museu da República. Além de exibir o primeiro registro fotográfico de uma mulher jogando bola, que aconteceu há 93 anos, a mostra destaca que o esporte, por ser coletivo, contribui para o processo de socialização.

“As crianças poderão jogar uma partida de Futebol 3, que é uma maneira diferente de praticar o esporte: sem árbitro, com times mistos e regras acordadas pelos próprios participantes. A ideia é que eles aprendam na prática o respeito ao próximo, o que é democracia, a importância de acordar regras e da cooperação”, conclui Mirella Domenich, gerente da ONG Streetfootballworld e umas das responsáveis pela exposição.

FUTEBOL E IGUALDADE

'Futebol para Igualdade’ — Museu da República. Rua do Catete 153, Catete (2127-0324). De 5 de junho a 20 de julho. Diariamente, das 9h às 17h (exposição dentro do museu). Diariamente, das 9h às 18h (atividades educativas em quadras externas).

PRELIMINAR A BOLA DA VEZ

‘Preliminar’ — Caixa Cultural - Sala Margot. Avenida Almirante Barroso 25, Centro (3980-3815). De 27 de maio a 8 de junho. De ter a dom, das 10h às 21h. 

‘Brasil: Um País, Um Mundo’ — Shopping Nova América. Av. Pastor Martin Luther King Jr. 126, Del Castilho (3083-1000). De 11 de junho a 14 de julho. De seg a sáb, de 10h à s 22h. Dom, de 14h às 20h.

‘Arte Naïf — A Bola da Vez’. Centro Cultural dos Correios. Rua Visconde de Itaboraí 20, Centro (2225-1033). De 29 de maio a 27 de julho. De ter a dom, das 12h às 19h.

GERAÇÃO FUTEBOL

‘Geração Futebol’. Galeria Aliança Francesa. Rua Muniz Barreto 730, Botafogo (3299-2000). De 29 de maio a 19 de julho. De seg a sex, das 10h às 20h. Sáb, de 9h às 13h. Abertura dia 29, às 19h30, com a presença do fotógrafo francês Pierre Emannuel Urcun.

Reportagem: Regiane Jesus

Últimas de Diversão