Por daniela.lima

Rio - Já dizia a funkeira MC Marcelly: “Tu tá maluco? Respeita o moço. Patente alta, dá aula, é bigode grosso...”. Desde que apareceu na última segunda-feira, usando bigode para jogar pela seleção brasileira, o atacante Fred virou o centro das atenções ao provar que o público masculino também gosta de mostrar o seu estilo.

Fred%2C BrasilDivulgação


“O homem tem o famoso complexo de macho. Como o futebol pertence ao universo masculino, se um jogador dita um modismo, então, tudo bem, é permitido seguir. Essa atitude de inovar em campo ajuda, e muito, na evolução da moda e da beleza masculina”, avalia o hairstylist Neandro Ferreira.

Além de ser o maior torneio de futebol do mundo, a Copa é também uma grande passarela, abrindo espaço para visuais inovadores, que incluem os carecas barbudos — como Rais M’Bolhi, da Argélia, Anthony Vanden Borre, da Bélgica, e Raul Meireles, de Portugal — e os bigodudos hype, como Fred, e tradicionais, como o técnico e o auxiliar técnico da nossa Seleção, Luis Felipe Scolari e Flávio Murtosa. 

Luiz Felipe Scolari%2C BrasilDivulgação


“Os jogadores desejam vender uma imagem sensual. E, para conseguir isso, vale tudo: raspar a cabeça, deixar o bigode crescer ou até redesenhar a barba. O bigode faz o homem ganhar um ar de cafajeste”, opina o estilista de moda masculina João Pimenta, que alfineta: “Os atletas querem conquistar as mulheres. Às vezes, o sujeito é horroroso, mas o mito em torno dele é tão grande, que elas nem se importam.”

E, já que elas foram citadas, com vocês, a opinião das mulheres. “O bigode e a barba deixam o homem imponente. Não gosto de rapazes de cara lisa”, diz MC Marcelly. “Mulher gosta de se sentir segura. E homem com barba e bigode passa essa imagem. Mas tem que ter atitude. Por isso, o bigode caiu tão bem no Fred”, emenda.

Mats Hummels%2C Alemanha Divulgação


Quem também adorou o look do mineiro foi Renata Frisson, a Mulher Melão: “No caso do Fred, além de ganhar um ar de conquistador, ele também teve sorte, pois fez seu primeiro gol na Copa assim que adotou o visual. O bigode, para ele, é como o cabelo para Sansão. Dá força.”

Para Rafaella Cardoso, consultora de imagem e estilo, os homens estão usando todos os artifícios que possuem para não passarem despercebidos. “Quando a questão é roupa, as mulheres ousam mais. A barba, o bigode e a careca são meios que só eles têm. Mas, quando o jogador adota um bigode ou uma barba comprida, tem que ter atitude e bancar”, diz ela.

Raul Meireles%2C PortugalDivulgação


Careca e barbudo há mais de dez anos, o produtor executivo Claudio Gomes conta que o número de homens com este visual tem crescido. “Até a careca, que era vista com preconceito, agora virou queridinha dos modernos”, analisa ele, que completa: “Quando o homem assume a careca, fica mais bonito, por se tornar verdadeiro.”

E, quando o assunto é barba, o gerente de marketing Samuel Tonin sabe das coisas. Tanto que lançará, em setembro, uma linha de cosméticos chamada Sobrebarba. “Tenho quatro dedos de barba e achar bons produtos é um problema. Não tem nada no Brasil. Por isso, eu criei a página ‘Sobrebarba’ no Facebook. Fizemos várias pesquisas e, em breve, o mercado receberá xampu, loção hidratante para o rosto e óleo de barba para mantê-la brilhosa, além de cera para modelar”, conta.

Daniele De Rossi%2C ItáliaDivulgação


Dimitris Papadopoulos%2C GréciaDivulgação


Jogador Rais M'Bolhi%2C ArgéliaDivulgação


Helio Cícero%2C editor de esporte do DIADivulgação


Se meu bigode falasse...

Na Copa de 70, no México, prometi que, se o Brasil fosse tri, eu deixaria o bigode crescer por três meses. Passado os três meses, eu já estava me sentindo o Rivelino de Rocha Miranda. Na hora de raspar, balancei. Pô, não é que tinha ficado legal? Olhei no espelho e decidi continuar com o bigode (àquela época, bem pretinho). Pesou também me lembrar da carteira de identidade. Era triste aquela cara limpa, sem personalidade. E ainda tinha o aval da namorada, hoje minha mulher. E lá se vão 44 anos. O bigode já faz parte da ‘família’. Não tô nem aí se é estilo, moda ou se é brega. E estou com ele e não abro.


Você pode gostar