Por bianca.lobianco

Rio - Muitas décadas depois, os descendentes de Al Capone levam uma vida bem diferente da do gângster que aterrorizou a Chicago do início do século 20. Em vez do crime organizado, a família do mafioso italiano ganha seu sustento nos dias de hoje com o restaurante e pizzaria Capone’s. A história dos herdeiros do chefão da máfia, envolvidos em situações cômicas e extravagantes, é contada na série ‘Os Capones’, que estreia nesta terça-feira, às 20h40, no canal TLC.

Em dez episódios, o programa acompanha a rotina de Dominic Capone, mais conhecido como Dom ou ‘chefe’, que é sobrinho-neto de Al Capone. Temperamental, ele tem hábitos extravagantes, e, às vezes, deixa de lado suas obrigações no estabelecimento para se divertir com um de seus hobbies: a compra de armas.

Os descendentes do chefão da máfia Al Capone%3A confusões entre filho%2C mãe%2C namorada%2C tio e amigosDivulgação

MÃE POSSESSIVA

A série mostra como Dom se relaciona com os funcionários, os parentes, e toca o restaurante, em sociedade com sua mãe, Dawn Capone. Possessiva e dedicada em relação aos negócios da família, ela mantém o clã unido e faz questão de que todos participem do tradicional jantar de domingo.

Além da família e do restaurante, a namorada, Staci, é a coisa mais importante do mundo para Dom. Os dois namoram há dez anos e, por isso, ela tem privilégios de esposa. No entanto, Staci é alvo de fofocas no estabelecimento e vive às turras com a mãe dele. As duas já quase saíram no tapa.

Mas ainda há outra mulher no caminho de Dom: Madeline, uma amiga que garante que os dois namoraram. Mas ele nega, claro. Logo no primeiro episódio, o ‘chefe’ vai buscá-la na cadeia, onde ela ficou presa três meses por ter roubado um travesseiro. Perigosa.

Dom também se relaciona com o tio Lou, o amigo de infância Jeff, que é entregador de pizza do restaurante, o sócio Carmine e o amigo encrenqueiro Bart.

Você pode gostar