Municipal apresenta 'O Garoto', de Charles Chaplin, na série 'Música & Imagem'

Orquestra Sinfônica do TM executa trilha sonora ao vivo, nas sessões, celebrando os 100 anos do personagem Carlitos

Por O Dia

Rio - A genialidade e os múltiplos talentos de Charles Chaplin foram revelados ao mundo logo em seu primeiro longa-metragem. 'O Garoto' (The Kid), comédia dramática lançada em 1921, conquistou imenso sucesso e transformou seu diretor, roteirista, produtor, protagonista e compositor em uma lenda viva. 

Charles Chaplin em cena do filme 'O Garoto'%2C lançado em 1921Divulgação


O filme é a atração da série "Música & Imagem", de 13 a 18 de setembro, realizada pela Fundação Teatro Municipal do Rio de Janeiro, dentro da programação artística elaborada pelo Maestro Isaac Karabtchevsky. O concerto com a projeção do filme mudo dirigido e estrelado por Charles Chaplin celebra o centenário do carismático personagem Carlitos, criado pelo múltiplo artista em 1914, quando o “Adorável Vagabundo” com chapéu coco e bengala entrou de vez na sua galeria de tipos. A Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal irá executar a música também de autoria de Chaplin, com arranjos de Carl Davis, sob a regência de Tobias Volkmann. Nas sessões de 60 minutos, a cópia que será exibida é fornecida pelo instituto alemão European Filmphilharmonic.

“Não poderíamos deixar de apresentar este clássico do cinema mudo que, além da história poética, nos traz a inspirada música composta pelo próprio Chaplin”, comenta Carla Camurati, presidente da Fundação Theatro Municipal do Rio de Janeiro. 


Sinopse

O longa conta a história de uma mãe solteira sai de um hospital de caridade com seu filho recém-nascido, mas percebe que não pode dar a ele todo o cuidado de que precisa e deseja entregá-lo para adoção.  A mulher decide abandoná-lo, prendendo um bilhete junto ao menino, pedindo que quem o achar cuide do seu bebê, e o deixa no banco de trás de um carro de luxo. Logo depois, o veículo é roubado por dois ladrões que, quando descobrem o bebê, o abandonam no fundo de um beco, perto de uma lixeira. Sem saber de nada um vagabundo faz o seu passeio matinal e encontra o bebê. Inicialmente ele quer se livrar da criança, mas diversos fatores sempre o impedem e, gradativamente, ele passa a amá-lo. De outro lado, a mãe se arrepende e tenta reencontrar seu filho, mas quando descobre que o carro foi roubado tem um choque, passando a crer que ela nunca mais verá sua criança.

Serviço: 

Theatro Municipal do Rio (Praça Floriano, s/nº – Centro). Data: 13 de setembro, sábado Horário: 16h. Data: 14 de setembro, domingo Horário: 17h. Datas: 16 e 18 de setembro, terça e quinta-feira Horário: 20h. Ingressos: Frisas e camarotes – R$ 420. Plateia e balcão nobre – R$ 70. Balcão superior – R$ 50. Galeria – R$ 18. Informações: (21) 2332-9191.

Últimas de Diversão