Filme 'Rio, Eu Te Amo' apresenta um Rio de Janeiro tipo exportação

Terceiro longa da série ‘Cities Of Love’ destaca as belezas da Cidade Maravilhosa

Por O Dia

Rio - O Rio de Janeiro continua lindo. ‘Rio, Eu Te Amo’ está aí nos cinemas, e confirma isso. No longa, composto por dez curtas-metragens interligados e terceiro da série ‘Cities Of Love’, que já filmou Nova York e Paris, a cidade aparecerá para o mundo — será exportado para países em todos os continentes — sem suas mazelas diárias, violência ou trânsito caótico. No máximo, há um desabafo do personagem de Wagner Moura para a estátua do Cristo Redentor, sobre a polícia que mata ou os alagamentos recorrentes quando chove. 

Fernanda Montenegro%2C como Dona Fulana%2C com Eduardo SterblitchDivulgação


Mas essa cena por pouco não vai para a edição final: inicialmente, foi proibida pela Arquidiocese carioca. E dá até para dizer que os mendigos parecem gostar de viver nas ruas, no curta ‘Dona Fulana’, que traz Fernanda Montenegro como uma moradora de rua.

Entre trechos que deixam a sensação de que valeriam serem mais explorados — mais longos, talvez — ou que possam eventualmente causar estranheza (Bebel Gilberto vestida como um anjo que sai voando do alto do Pão de Açúcar), destacam-se lindíssimas cenas aéreas e a direção e a atuação de nomes estelares do cinema, como os diretores Fernando Meirelles e José Padilha, e os atores Rodrigo Santoro, Tonico Pereira, Claudia Abreu, o internacional Harvey Keitel, além dos já citados Wagner Moura e Fernandona.

Últimas de Diversão