Por karilayn.areias

Rio - Envelhecer é o único modo de se viver mais. Não tem jeito, não há milagre possível além de um ou outro mago do bisturi que pode nos fazer parecer menos rodados.

O problema é que não nascemos com manual para a velhice. Até a fase adulta é mais fácil — tem sempre quem ajude no crescimento e muito a se fazer depois que se torna adulto. Envelhecemos desde que nascemos, mas há o momento clássico em que nos sentimos mais limitados e próximos do fim. É nessa hora que falta aquele manual com o capítulo Reinvenção ou Novos Horizontes. Ou mesmo o “tá na hora de fazer o que ainda não fiz”. Muitos envelhecem rápido demais e outros só envelhecem quando perdem a lucidez de vez. Qual é a fórmula?

Bia Willcox: ' O problema é que não nascemos com manual para a velhice'Arte O Dia

Sei que muitos chegam aos 60 ou 70 com o sonho de serem avós. Principalmente as mulheres com o DNA maternal de sempre. Querem cuidar, se envolver e ter contato íntimo com a outra ponta do fio da vida. E se realizam assim. Realizam? Com certeza por algum tempo, mas netos crescem tanto quanto filhos.

Têm os que vivem com mais espiritualidade. Muito nobre e sábio: buscar justificativas para a nossa existência frágil que se aproxima do fim nos aquece. Mas não preenche. E cá entre nós, temos a eternidade para cuidar da alma, é bom chegar ao fim de nosso tempo ainda se reinventando em ideias, descobertas e novas vivências com a alma e o corpo também.

Há mais nesse subsolo. O ser humano está vivendo mais. A terceira idade tem mais acesso à saúde e à tecnologia, faz mais sexo e vem participando cada vez mais ativamente do mercado produtivo. Há gente mais velha no teatro e na TV. Sabemos que tem petróleo nessa etapa final. É só mais difícil a escavação. Dá para se atualizar, contribuir e compartilhar o que sabemos. Dá para namorar, viajar e experimentar novas culinárias. Dá para usar Facebook, Instagram e Whatsapp.

Woody Allen disse que não há nada de bom em envelhecer e que ele não recomenda. Pois eu recomendo envelhecer como ele, questionando e, sobretudo, produzindo. Quando se acha uma motivação que te faça animar de levantar da cama e produzir, fica-se mais jovem. Afinal, nem só de plásticas vive a aparência.

Você pode gostar