Dira Paes comemora 30 anos de carreira e pretende 'desacelerar' em 2015

Trabalhar menos e aproveitar a maternidade são objetivos da atriz

Por O Dia

Rio - Os 30 anos de carreira de Dira Paes estão sendo comemorados sem alarde, mas em grande estilo. A festa iniciada em ‘Amores Roubados’, embalada por ‘O Rebu’ e alguns trabalhos no cinema se encerra com jeito de aniversário de criança.

Aos 45 anos, a atriz estreia no teatro infantil em ‘A Caligrafia de Dona Sofia’, em cartaz neste domingo, no palco da Casa França-Brasil, às 11h30 e às 15h30. “Este ano foi muito especial. É como se eu tivesse feito um ciclo de personagens. Comecei com a Celeste, que era aquela mulher sensual, e termino com essa coisa cândida que é ser criança. Fiz o caminho de ponta a ponta no arco-íris”, analisa.

Mãe do pequeno Inácio, de 6 anos, ela quer mais é ser criança. “Eu sou bem infantil e isso está em todo canto, até no trabalho. O ator tem como obrigação manter essa chama acesa. A gente tem que estar disposto para uma cena da mesma forma que uma criança está disposta para brincar de pique na rua”, acredita.

Tanto que contar uma história para a garotada, pela primeira vez, não a assusta: “É um desafio, mas eu acredito que esse espetáculo vai atrair a atenção das crianças, através da beleza da poesia, para o mundo mágico das letras. O Inácio tem paixão por livros, gibis da Turma da Mônica e ama teatro, mais do que cinema.”

De bem com a vida, Dira Paes só quer "desacelerar"AgNews

Os olhos de Dira ganham um brilho especial quando ela fala do filho, fruto do casamento com Pablo Baião. “Ser mãe é o maior presente que alguém pode ter na vida, é uma segunda chance, é o paraíso. Sou muito feliz de ter realizado esse desejo e de ter tido o filho que eu tenho. Sou louca pelo Inácio e acho que ele é louco por mim também”, derrete-se. E a possibilidade de ter um segundo filho não está descartada. “É tão difícil prever a vida, ainda mais um filho. Mas, se vier, vai ser muito bem-vindo”, frisa.

Nem tudo na vida é planejado, mas ela quer trabalhar menos no ano que vem. A atriz, que acabou de rodar ‘O Redemoinho’, do diretor José Luiz Villamarim, está em cartaz nos cinemas com ‘Os Amigos’, de Lina Chamie, e vai lançar ainda este mês ‘O Segredo dos Diamantes’, de Helvécio Ratton: “Vou tirar férias, passar o Natal em Belém do Pará junto com a família, conhecer os sobrinhos novos, e, em 2015, vou deixar a vida me levar. Quero tirar um pouco o pé do acelerador, respirar um pouco. Natal é um momento especial para renovar, repensar a vida. O público gosta de ser surpreendido e eu só quero fazer algo que valha a pena.”

Últimas de Diversão