Por nicolas.satriano

Rio - A luta pela sobrevivência e a esperança fazem com que Ellen, personagem vivida por Deborah Evelyn na peça ‘Hora Amarela’, consiga se relacionar com verdadeiros desconhecidos durante três meses num porão. O cenário sombrio faz parte da primeira montagem no Brasil de ‘Through the Yellow Hour’, do dramaturgo norte-americano Adam Rapp, que estreia hoje no CCBB.

"‘Hora Amarela’ é diferente de tudo que já fiz. Nunca havia imaginado encenar uma ficção científica. Aos poucos, fui me dando conta que, embora a história se passe no futuro, tudo o que acontece em cena já foi produzido pelo homem, tem uma base real que a torna assustadora e nos faz refletir sobre os caminhos da humanidade”, conta a diretora Monique Gardenberg.

Deborah Evelyn está no elenco de 'Hora Amarela'Divulgação
CENTRO CULTURAL BANCO DO BRASIL. Rua Primeiro de Março 66, Centro (3808-2020). De quinta a domingo, às 19h30. R$ 10. 80 min. 16 anos. Até 8 de fevereiro.
Publicidade
Você pode gostar