Livro para fissurados em 'Game of Thrones' chega às livrarias

'O Mundo de Gelo e Fogo: A História Não Contada de Westeros' está à venda por R$149

Por O Dia

Rio - Lannisters, Targaryens, Baratheons, Tyrells, Starks, GreyJoys. Para os fãs do megassucesso ‘Game of Thrones’, os nomes dos clãs acima soam muito familiares. E é para eles que vai essa boa notícia: acaba de chegar às livrarias do país ‘O Mundo de Gelo e Fogo: A História Não Contada de Westeros’ (ed. Leya, 336 págs, R$ 149), livro que conta a história de Westeros antes do início da disputa pelo Trono de Ferro. A publicação veio em boa hora, para acalmar leitores e telespectadores sedentos pelo sexto livro da saga e pela nova temporada da adaptação de TV da HBO.

Assim como milhões de outros fãs, o casal Elio García e Linda Antonsson ficou viciado na história depois de ler o primeiro livro, em 1996. Fascinados pelo mundo criado pelo autor George R. R. Martin, eles criaram, então, um site sobre Westeros, hoje o maior do mundo dedicado ao tema. E, assim, a vida dos dois mudou. George R. R. Martin ficou impressionado com a riqueza de detalhes com que Elio e Linda conheciam sua história e convidou os dois para serem seus consultores, ajudando na construção dos livros e no roteiro da série de TV homônima. O casal foi peça-chave de ‘O Mundo de Gelo e Fogo: A História Não Contada de Westeros’.

Daenerys TargaryenDivulgação

“Os fãs podem esperar um livro lindo, cheio de informações inéditas sobre a história e ilustrações exclusivas. Boa parte do enredo remete a um passado longínquo, mas outra parte menor tem informações que podem implicar no andamento do momento atual da saga”, antecipa Linda Antonsson, que realizou o sonho de muitos fãs e transformou sua paixão por ‘Game of Thrones’ em ofício.

Engana-se, porém, quem pensa que o trabalho é apenas diversão. Linda conta que, para entender tão profundamente uma história que o próprio autor já admitiu ter dificuldade de lembrar, há um processo burocrático imenso. “Uma das primeiras coisas que fizemos no site foi uma coleção de cada pedacinho de informação sobre o cenário: costumes, roupas, religião, comidas, lendas. Organizamos tudo de acordo com a região e fazemos isso a cada livro, linha por linha. Esse documento foi o grande responsável por George ter se interessado em trabalhar conosco, porque ele viu o quão profundo era nosso conhecimento”, explica ela.

Apesar de, como fãs, eles serem privilegiados por terem acesso antecipado ao rumo das histórias, Linda garante que não têm influência no destino dos personagens e, como o restante dos entusiastas da série, vivem se surpreendendo.

“Nosso trabalho é muito mais sobre o mundo de Westeros, não tanto sobre a história, que é realmente do George, e nós não sugerimos os rumos que gostaríamos, mas nunca ficamos frustrados com as reviravoltas do enredo — ele sempre se sai com algo melhor do que nós havíamos imaginado”, garante ela, que, no entanto, como qualquer outro fã, já se chocou com a morte de um personagem de quem gostava (a matança de tipos queridos pelo público é, aliás, marca registrada do autor). “A morte terrível de Catelyn Stark e o que aconteceu com seu corpo realmente me afetou”, admite.

Últimas de Diversão