Espetáculo 'A Febre do Samba' ganha nova temporada no Teatro Sesi

Neste edição, a cada apresentação haverá participação de uma escola de samba, além de debates sobre o carnaval

Por O Dia

Rio - O espetáculo "Febre do Samba" - show em homenagem aos grandes sambas-enredo da história - volta a partir desta quarta-feira, às 19h30, no Teatro Sesi, no Centro do Rio. A grande novidade desta temporada é a participação de uma escola convidada a cada dia. Só nesta semana, Imperatriz Leopoldinense (dia 07), Estação Primeira de Mangueira (dia 08) e União da Ilha do Governador (dia 09) reviverão momentos marcantes de sua história no palco. 

Musical está em sua quarta temporadaDivulgação


"Vamos para a quarta temporada do espetáculo e prosseguimos com a nossa ideia de valorizar uma de nossos maiores bens culturais: o samba-enredo. A ideia de convidar as agremiações já era antiga e conseguimos colocar em prática este ano. Elas comparecerão com seus intérpretes oficiais, casais de mestre-sala e porta-bandeira, passistas, baianas e Velha Guarda. Será uma festa imperdível, feita com todo o carinho e respeito. Uma verdadeira ode a cultura popular brasileira – afirma Guilherme Gonçalves, produtor musical e idealizador da montagem.

No elenco do show, nomes que fizeram e ainda fazem história na Marquês de Sapucaí, como a carnavalesca Maria Augusta, na produção artística, o mestre Odilon Costa, mostrando todo o seu talento no repique, e o primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira da Beija-Flor, Claudinho e Selminha Sorriso, além do mestre Manoel Dionísio, responsável pela formação de muitos casais de mestre-sala e porta-bandeira.

O espetáculo se divide em duas partes. A primeira executa os grandes sambas de 1928 até 1982. Já a segunda, os antológicos de 1984 até os dias atuais. O apreço musical é uma das marcas da ‘’A Febre do Samba’’. Todos os sambas são executados de maneira idêntica às características de cada bateria e também de sua época. Para somar ao aspecto artístico, passistas e bailarinos se apresentam no palco.

Mesas de Debates

Outra novidade desta temporada é a realização de mesas de debate para discutir aspectos do carnaval. Os shows acontecem todas as semanas, às quartas, quintas e sextas, até o dia 12 de fevereiro. Já as mesas de debates ocorrem sempre às terças-feiras, também no Teatro Sesi Centro. E o primeiro tema, já neste dia 06 de janeiro, é a Economia Criativa do Carnaval, com a mediação de Gabriel Bichara, especialista de desenvolvimento econômico do Sistema Firjan.

Serviço

A Febre do Samba. De 7 de janeiro a 12 de fevereiro (quartas, quintas e sextas). Sempre às 19h30. Local: Teatro SESI Centro – Av. Graça Aranha, nº 1, Centro. Ingresso: R$ 10.

Mesas de Debate
Data: 6 de janeiro a 10 de fevereiro (terças). Atração desta Terça: Economia Criativa do Carnaval, com a mediação de Gabriel Bichara, especialista de desenvolvimento econômico do Sistema Firjan Horário: 19h. Local: Teatro SESI Centro – Av. Graça Aranha, nº 1, Centro. Entrada franca.

Últimas de Diversão