Após morte do marido, Nicette Bruno encontra superação em nova peça

A emoção da atriz no palco após a morte de Paulo Goulart

Por O Dia

No espetáculo%2C Nicette Bruno é dirigida pela filha Beth GoulartDivulgação

Rio - Dizem que o trabalho enobrece o homem. No caso de Nicette Bruno, ele vem como forma de acalanto. A última vez que a atriz havia pisado em um palco de teatro foi ao lado de seu marido, Paulo Goulart, há quase quatro anos. Agora, Nicette retorna sem ele. Em cartaz com o monólogo ‘Perdas e Ganhos’, inspirada no livro homônimo de Lya Luft, a atriz revela que todo o sofrimento causado pela dor da perda do companheiro, vítima de um câncer no ano passado, vem se transformando em aprendizado. Por isso, é hora de recomeçar.

“Esse novo trabalho é uma homenagem a ele. Infelizmente, não pude fazer essa peça na época em que estava vivo, mas ele me deu muita força para aceitar o convite. Me estimulou muito”, conta. Na TV, a última participação de Nicette foi na novela ‘Joia Rara’. O momento, que ela define como “duro”, se transforma em alegria quando ela está atuando. “Esse texto me dá muita força, é um texto que fala de superação, um processo reflexivo sobre a vida. As pessoas dão muito valor às perdas e se esquecem dos ganhos”, reflete.

E a emoção que a veterana atriz tem passado em cima dos palcos é tanta, que não tem ao menos uma pessoa que não saia com os olhos marejados do espetáculo. “Quero que as pessoas tenham esperança, que não fiquem chorando as perdas e que as enfrentem com vigor. É impossível não sofrer, mas eu encaro a dor como um aprendizado. O trabalho faz com que eu amplie o conhecimento. Tem me ajudado muito.”

Dirigida pela filha Beth Goulart, Nicette se sente ainda mais “abraçada” nesse recomeço. “Muito bom trabalhar em família. Beth é determinada, objetiva, muito sensível e sabe como passar para o ator o que ela deseja, o que me orgulha muito”, elogia a mãe coruja. “Sabemos separar o parentesco. Mas, de modo geral, costumamos dizer que uma boa coxia é meio caminho andado para o êxito.”

Últimas de Diversão