Projeto ‘Por Dentro do Palácio’ leva visitas guiadas ao Palácio da Jusiça

Atores Andréas Gatto e Amanda Grimaldi Lerias interpretam Jutiniano e Teodora

Por O Dia

Amanda (E) e Andréas%3A encontros com escolas e demais gruposMarcelo Carnaval / Divulgação

Rio - O imperador bizantino Justiniano foi o criador do Corpus Juris Civilis, compilação de leis do direito romano que serviu de base para o sistema jurídico de vários países, inclusive o Brasil. Já sua mulher, Teodora, foi a primeira plebeia a se tornar imperatriz. Esse casal viveu lá pelos idos do ano 500 d.C., mas retornou ontem e voltará nos dias 27 e 31 de janeiro, às 16h, nas peles dos atores Amanda Grimaldi Lerias e Andréas Gatto, durante a temporada 2015 do projeto ‘Por Dentro do Palácio’, aberto ao público, que leva visitas teatralizadas ao Centro Cultural do Poder Judiciário (CCPJ), antigo Palácio da Justiça, Centro.

Durante o passeio, os personagens guiam os visitantes por lugares como o Salão Histórico do Primeiro Tribunal do Júri, o Salão dos Passos Perdidos, o Tribunal Pleno e a Biblioteca de Obras Raras, todos conservados no prédio construído em 1926. Em 2010, dois anos após a reforma do prédio, teve início o projeto, que abriu com a ‘visita’ do histórico jurista brasileiro Ruy Barbosa (1849-1923), também na pele de um ator-guia.

“Os personagens contam de forma peculiar a história do Palácio e, ao mesmo tempo, a de suas vidas. Por exemplo, no texto que foi preparado para o Ruy Barbosa havia frases retiradas de discursos dele. Ele dizia coisas como ‘não é possível estar dentro da civilização e fora da arte’”, conta a diretora do CCPJ, Silvia Monte.

O evento, avalia Silvia, agrada a gregos e troianos. “Em quatro anos, marcando duas visitas semanais e mais uma no último sábado do mês, nós já recebemos mais de oito mil pessoas. Vamos continuar oferecendo as visitas com Ruy Barbosa e com Têmis, a deusa grega das leis e dos juramentos. Temos visitas abertas ao público; e as agendadas, para escolas e outros grupos.”

Amanda e Andréas nunca participaram de um projeto desses e enfrentam o desafio. “Acho que é o trabalho que mais se diferencia da minha experiência de vida. O vocabulário é mais rebuscado, são dois imperadores, né?”, diz Amanda. Para a visita, ela e Andréas se preparam por muitas horas, como numa peça.

Falando nisso, um casal formado por um poderoso imperador e por uma plebeia que ingressou na nobreza... Apesar da função principal de guiar os visitantes, a peça é bem romântica, não? “É, apresentamos a história deles como casal e acreditamos que o público possa ficar ansioso para saber se tem cena de beijo... Mas é surpresa!”, completa.

Últimas de Diversão