Atrizes se revoltam e criam movimento contra perguntas fúteis no Oscar

Noite da cerimônia foi marcada pelo engajamento

Por O Dia

Grande momento das mulheres na noite de gala do cinema foi coroado com o discurso feminista de Patricia Arquette%2C que levou o prêmio de Melhor Atriz CoadjuvanteEfe

Rio - Já é quase uma tradição. Todo ano, no tapete vermelho antes da cerimônia do Oscar, as atrizes são filmadas dos pés à cabeça e bombardeadas com as perguntas: “O que você está usando?” ou “Como faz para manter a boa forma?”. No prêmio SAG do ano passado, a atriz Cate Blachett se revoltou contra isso e ganhou a simpatia de outras estrelas de Hollywood, como a comediante Amy Poehler e a atriz Reese Witherspoon. Com essa motivação, surgiu a campanha campanha #AskHerMore (Pergunte mais a ela).

No último domingo, antes de a cerimônia começar, a legalmente loura Reese, indicada ao Oscar de Melhor Atriz pelo filme ‘Livre’, se posicionou em sua conta no Facebook. “Já ouviu falar do movimento #AskHerMore? Ele foi criado para inspirar os repórteres a fazerem perguntas criativas no tapete vermelho. Eu amo o Oscar e também amo moda, mas também gostaria de ouvir perguntas como: ‘Qual é o potencial que personagens e produtores têm para mudar o mundo?’, Há tantas mulheres incríveis e talentosas indicadas esse ano, vamos ouvir suas histórias”, protestou. O público abraçou a campanha e a hashtag ficou entre as mais comentadas no Twitter na noite da 87ª cerimônia do Oscar.

E o grande momento das mulheres na noite de gala do cinema foi coroado com o discurso feminista de Patricia Arquette, que levou o prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante por seu papel em ‘Boyhood — Da Infância à Juventude’. “A todas as mulheres que deram à luz neste país, a todos que pagam impostos, nós temos que lutar por direitos iguais para todos. Está na hora de termos salários iguais de uma vez por todas e direitos iguais para as mulheres nos Estados Unidos”, enfatizou ela, que, mais cedo, declarou que não faria a unha para o Oscar por não ter tempo e ter outros afazeres. A fala da atriz foi aplaudida de pé, especialmente pelas animadas Meryl Streep, Lupita Nyong’o e Jennifer Lopez.

A noite foi marcada ainda por outras declarações feitas para alertar sobre a importância da defesa dos direitos dos homossexuais, dos imigrantes e dos negros. Ao receber o Oscar de Melhor Roteiro Adaptado por ‘O Jogo da Imitação’, Graham Moore lembrou do período em que quase tirou a própria vida na adolescência por se sentir estranho.

O escritor britânico fazia uma referência à homossexualidade, embora ele mesmo tenha evitado usar o termo. “Quando tinha 16 anos, tentei me matar porque sentia que não me encaixava em lugar nenhum. Esse prêmio vai para todos os jovens que acham que não se encaixam em lugar algum e que acreditam que são esquisitos. Continuem esquisitos e, no futuro, quando vocês também estiverem neste palco, passem essa mensagem para os jovens das próximas gerações.”

Na mesma noite, o rapper Common e o cantor John Legend subiram ao palco para receber o Oscar pela canção ‘Glory’, da trilha sonora de ‘Selma’. Este último aproveitou para criticar a situação dos negros nos EUA. “É dever de um artista refletir sobre o tempo em que vive. Vivemos no País com o maior número de aprisionamentos do mundo. Há mais homens negros sob o domínio do sistema corretivo hoje que na época da escravidão, em 1850. Selma ainda existe”, concluiu.

LISTA DOS PREMIADOS

MELHOR FILME ‘Birdman (ou A Inesperada Virtude da Ignorância)’

MELHOR DIRETOR Alejandro González Iñárritu

MELHOR ATRIZ Julianne Moore (‘Para Sempre Alice’)

MELHOR ATOR Eddie Redmayne (‘A Teoria de Tudo’)

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL ‘Birdman (ou A Inesperada Virtude da Ignorância)’

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO ‘O Jogo da Imitação’

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE Patricia Arquette

MELHOR ATOR COADJUVANTE J.K. Simmons

MELHOR FILME EM LÍNGUA ESTRANGEIRA ‘Ida’

MELHOR LONGA DE ANIMAÇÃO ‘Operação Big Hero’

MELHOR FOTOGRAFIA Emmanuel Lubezki — ‘Birdman (ou A Inesperada Virtude da Ignorância)’

MELHOR TRILHA SONORA ‘O Grande Hotel Budapeste’

Últimas de Diversão