Por daniela.lima

Rio - Feriados à vista, poucas chances de viajar, a difícil arte de economizar... Pode acreditar: não é preciso gastar rios de dinheiro para se divertir nos próximos dias. Vários espetáculos de música, circo, teatro e cinema cercam o carioca, muitos deles de graça e ao ar livre, tendo a cidade como cenário.  

O Tá na Rua tá na praça%3A Amir Haddad (no alto%2C de chapéu) comanda o segundo Festival Carioca de Arte PúblicaMárcio Mercante / Agência O Dia


“As pessoas podem fazer de tudo, mesmo sem dinheiro. Mostramos isso no nosso trabalho, que foge da forma predominante de espetáculo, com venda de ingressos”, anima-se o diretor de teatro Amir Haddad, do grupo Tá Na Rua. Ele ocupa amanhã a Praça Barão da Taquara, na Praça Seca, com o 2º Festival Carioca de Arte Pública. O evento reúne uma enorme gama de artistas de rua (de teatro e circo) e cadastra nomes para futuras apresentações.

Os programas são espalhados por toda a cidade. Na Praça Mauá, rola hoje o ‘MAR de Música’, parceria do Circo Voador com o Museu de Arte do Rio que traz uma novidade: o batidão rola nos pilotis do museu, com a festa ‘Eu Amo Baile Funk’. O DJ Grandmaster Raphael comanda o baile. “Nunca toquei num museu na vida! Acredito que o que vai dar mais certo aqui é o funk antigo, dos anos 90, já que vamos lá nas raízes do estilo.” Além de dançarinos de passinho, e dos DJs do Ritmos de Favela, os MCs Junior e Leonardo (lembra do ‘Rap dos Endereços dos Bailes’?) fazem uma roda de funk. “Lugar de arte é no museu, e o funk entrou aqui pela porta da frente!”, exclama Junior.

Não é só isso. Bailes, festas na praia, exposições, festivais de cinema como o ‘É Tudo Verdade’ (só de documentários) e shows de rock e MPB (alguns com artistas novos, como o ‘Verão no Castelinho’, no Flamengo) completam a lista. Confira e programe-se: num só dia dá para se divertir de montão. 

MAR DE MÚSICA — EU AMO BAILE FUNK. Realizada pela primeira vez num museu (graças à parceria entre o Circo Voador e o Museu de Arte do Rio, o MAR), a festa traz os DJs do grupo Ritmo de Favela, dançarinos de passinho, o DJ Byano (Baile da Chatuba) e uma roda de funk com Junior e Leonardo. Museu de Arte do Rio. Praça Mauá 5, Centro (3031-2741). Hoje, às 18h. Grátis. Livre.

IRMÃOS BROTHERS. A trupe circense apresenta o espetáculo ‘Eureka!!!’ e aproveita para lançar seu primeiro CD autoral, que tem o mesmo nome e é formado por 12 músicas. O evento inclui acrobacias, malabarismo, trapézio, contorcionismo e, claro, muita música. Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas. Rua Murtinho Nobre 160, Santa Teresa (2224-3922). Amanhã e domingo, às 18h. Grátis. Livre. 

CIRCO NA PORTA DE CASA. O projeto do grupo Off-Sina leva suas buzinas, cores e risos para o Largo do Machado. Amanhã, as turmas da Escola Livre de Palhaços (Eslipa) e do Café Pequeno da Silva e Psiu levam seus espetáculos para lá, a partir das 16h. No dia 24 (sexta), o Grupo Off-Sina apresentará ‘O Circo de Uma Nota Sol’ às 18h, com Lilian Moraes e Richard Riguetti. Grátis. Livre.

RADISFOQUE. O espetáculo infantil é uma ópera interativa em que a principal atuação é da cantora lírica Gabriela Geluda. Ela usa um equipamento maluco que inclui 20 línguas de sogra e uma ‘coroa-bolha’, entre outras invenções controladas por ela e pelo público. Arena Abelardo Barbosa — Chacrinha. Rua Soldado Elizeu Hipólito s/nº, Guaratiba (3404-7980). Hoje, às 14h e às 15h30, em duas sessões. Grátis. Livre. 

SEGUNDO FESTIVAL CARIOCA DE ARTE PÚBLICA. Almir Haddad lidera o movimento itinerante, em que artistas de rua se apresentam em locais públicos da cidade. Desta vez, o palco da trupe, que mistura música, circo, dança e teatro, é a Praça Barão da Taquara na Praça Seca. O festival tem curadoria do grupo Tá Na Rua (companhia dirigida por Haddad), do Off-Sina, da Grande Cia Brasileira de Mystérios e do Boa Praça. A ideia é também cadastrar novos nomes para futuras apresentações. “O que buscamos realizar com o evento não é formação de mão de obra para o mercado das artes, mas sim a formação de artista-público”, afirma Amir Haddad. Amanhã, das 10h às 18h. Grátis. Livre. 

VERÃO MUSICAL NO CASTELINHO. O evento semanal traz shows de artistas novos. Dessa vez, quem aparece lá é a dupla Lívia Nestrovski e Fred Ferreira. Castelinho do Flamengo. Praia do Flamengo 158 (garagem), Flamengo (2205-0655). Terça, às 20h. Grátis. Livre. 

OS CINÉFILOS também não têm do que se queixar. Há várias mostras da sétima arte rolando pela cidade, como a ‘José Wilker, 50 Anos de Cinema’, ‘Cine Boliviano’ e ‘Cine Doc Fr — Mostra de Cinema Documentário Francês Contemporâneo’, todas na Caixa Cultural. Mas se você preferir ficção, o Estação Net Botafogo reuniu os clássicos do cinema francês em um festival de hoje até o dia 26. Os cineclubes também não ficam de fora desta programação. O Cine Daros exibe no dia 22, às 16h, ‘A Colecionadora’, de Eric Rohmer (1976); a Escola de Cinema Darcy Ribeiro exibe o documentário indígena ‘Uni/Versus’, amanhã, às 17h; e o Cinema da Arena traz histórias como a ‘A Viagem de Chihiro’, amanhã, às 10h30, para a criançada. Casa Daros. Rua General Severiano 159, Rio de Janeiro (2138-0850). Grátis. Caixa Cultural. Avenida Almirante Barroso 25, Centro (3980-3815). R$ 4. Programação em www.caixacultural.com.br. Cinema da Arena — Arena Dicró. Parque Ari Barroso s/nº, Penha (3486-7643). Grátis. Escola de Cinema Darcy Ribeiro. Rua da Alfândega 5, Centro (2516-3514). Amanhã, de 17h às 19h. Grátis. Estação Net Botafogo. Rua Voluntários da Pátria 88, Botafogo (2226-1988). De hoje ao dia 26, a partir das 14h. R$ 8. Programação em www.grupoestacao.com.br.

DZI CROQUETTEES Curte a história da contracultura e da irreverência do grupo de dança que marcou os anos 70? Então dá um pulo na Gávea, onde será exibido o documentário de Tatiana Issa e Rodrigo Alvarez sobre os Dzi Croquettes. Ele recria a trajetória da trupe que se tornou mito nos palcos ao combinar suas barbas e pernas cabeludas com sapatos de salto alto e roupas femininas. Teatro Municipal do Jockey Avenida Bartolomeu Mitre 1.110, Gávea (3114-1286). Quarta (dia 22), às 20h. R$ 10. 16 anos. 

FESTA ODARA NA PRAIA. A festa itinerante Odara retorna à Praia do Leme e promove uma saudável mistura musical com os DJs Kelly Lima (Festa na Praia) e Rubens Ca (Festa Odara). A ideia é todo mundo dançar, se divertir, se bronzear e tomar banho de mar, antes, durante e depois da festa, que acontece colada à Praia do Leme. Quiosque Chopp Brahma. Avenida Atlântica s/nº, Leme. Amanhã, das 16h às 22h. Grátis. Livre. 

É TUDO VERDADE. O Festival Internacional de Documentários vai até domingo e está em cinco endereços cariocas. Exibe filmes como ‘Eu Sou Carlos Imperial’, de Renato Terra e Ricardo Calil, sobre a vida do polêmico agitador cultural, jornalista e compositor (hoje, às 21h, e amanhã, às 15h, no Espaço Itaú de Cinema). Auditório BNDES. Avenida República do Chile 100, Centro (2172-7770). Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março 66, Centro (3808 2020). Espaço Itaú de Cinema. Praia de Botafogo 316, Botafogo (2559-8750). Instituto Moreira Salles. Rua Marques de São Vicente 476, Gávea (3206-2500). Oi Futuro Ipanema. Rua Visconde de Pirajá 54, Ipanema (3131-9333). Programação completa em www.etudoverdade.com.br. 

Grandmaster Raphael (de branco e de boné%2C à frente)%2C ladeado pelos MCs Junior (E) e Leonardo%3A funk entrando “pela porta da frente” no Museu de Arte do Rio com a festa ‘EuMaíra Coelho / Agência O Dia


OUTRAS PEDIDAS

 III FESTA DE OGUM DOS VELHOS MALANDROS. Samba em homenagem a São Jorge com o grupo Tambor de Cumba, Alexandre Nadai e Samba Zé Samba. Praça da Harmonia, Gamboa. Domingo, às 14h. Grátis.

AFRICABRASILIS. O show mistura, como diz o nome, sons brasileiros e africanos, com a banda Jangada e os DJs Guaxininjá, Murilo Erê e Rodrigo Cavalcanti. Praça Tiradentes. Amanhã, às 23h. Grátis.

AMARÉFUNK. O evento, dedicado a discussões sobre o funk, traz debate sobre a criminalização do gênero musical com MC Smith, a historiadora Adriana Facina e, como mediador, o MC Leonardo. No final do papo, pocket-show com Smith e o DJ Corvina. Galpão Bela Maré. Rua Bittencourt Sampaio 169, Maré/Nova Holanda (3105-1148). Amanhã, às 16h. Grátis.

AO ARTISTA DE CIRCO, BYE BYE BRASIL. Exposição da artista plástica Gabriela Noujaim, que une frames do filme ‘Bye Bye Brasil’, de Cacá Diegues, a fotos do grupo de teatro Tá Na Rua. Oi Futuro Flamengo. Rua Dois de Dezembro 63, Flamengo (3131-9333). De terça a domingo, das 11h às 20h. Grátis.

CONCERTOS DA JUVENTUDE 2. O Coro de Crianças da OSB, com regência de Julio Moretzsohn, abre este concerto da Juventude interpretando as obras “One Mile”, de Rollo Dilworth; “Rosa Amarela”, de Villa-Lobos; e “Aquarela do Brasil”, de Ary Barroso. Temas de Debussy, Manuel de Falla e Maurice Ravel serão interpretados pela OSB sob regência do maestro Lee Mills, sem participação do Coro. Theatro Municipal. Praça Marechal Floriano s/nº, Centro (2332-9191). Domingo, às 11h30. Livre.

CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS. A exposição em cartaz ‘Made in Brasil’ inspira não só os apreciadores das artes plásticas, mas histórias infantis para os visitantes mirins da Casa Daros. Rua General Severiano 159, Rio de Janeiro (2138-0850). Domingo, às 17h. Grátis.

EL MIRACULOSO SAMBA JAZZ. O grupo é responsável pela mistura sonora que agita a Praia Vermelha, Urca. Dia 26 (dom), às 16h. Grátis.


FESTIVAL DO AZERBAIJÃO. Provavelmente você já ouviu falar desse país, mas o que sabe sobre sua cultura? No evento, dá para conferir fotos, workshop de música, concertos, cinema e gastronomia. Cidade das Artes. Avenida das Américas 5.300, Barra da Tijuca (3325-0102). Do dia 24 (sex) ao dia 26 (dom), a partir das 10h. Grátis (menos os concertos, cujas entradas custam R$ 30). Livre.

HARD’N ROLL. A festa de hard rock e heavy metal traz a banda Bed of Roses, que toca clássicos do Bon Jovi. Subúrbio Alternativo. Rua Iguaperiba 155, Brás de Pina (97445-8827). Hoje, às 20h. Grátis.

JAZZ DA OUVIDOR. Conhecido reduto da boemia, a estreita rua do centro é embalada pelos shows de Wilson Meireles e do baterista Guga Pellicciotti no Samba Caffè. Rua do Ouvidor 23, Centro (2252-3876). Todas as segundas, às 18h. Grátis ou R$ 4 (com mesa). Livre.

 LAVRADIO MUSICAL. Apresentação do Grupo Pixin Bodega, às 12h30, em homenagem ao Dia Nacional do Choro (23/04). Rua do Lavradio, esquina com Rua do Senado. Amanhã, das 10h às 17h. Grátis.

MALDITA 3.0 — NO UNIVERSO DA RÁDIO FLUMINENSE. Exposição multimídia sobre a rádio rock carioca dos anos 80, com fotos, gravações raras e vídeos. Palácio dos Correios. Espaço Cultural Correios. Avenida Visconde do Rio Branco 481, Centro, Niterói. Hoje e amanhã, das 10h às 19h. Grátis.

NO PALCO. Quem acha que precisa desembolsar rios de dinheiro para ir ao teatro está por fora. No Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), duas peças são o exemplo prático disso. ‘Contra o Vento’ é o diário (fictício) de uma ex-moradora do Solar da Fossa, pensão que abrigou nomes da cultura e da música os anos 60. Já ‘Dhrama’ é inspirada no clássico da filosofia hindu, ‘Bhagavad Gita’, e narra o diálogo entre Krishna e Arjuna em pleno campo de batalha — o texto é de João Falcão. CCBB. Rua Primeiro de Março 66, Centro (3808-2020). ‘Contra o Vento’ : de quarta a domingo, às 19h. R$ 10. 18 anos. Até 31 de maio. ‘Dhrama’: de quarta a domingo, às 19h30. R$ 10. Livre. Até 26 de abril.

PASSINHO BRAZIL — O ESPETÁCULO. As lembranças de um jovem sobre as origens e as influências do movimento passinho sobem ao palco com a peça em cartaz na Arena Carioca Jovelina Pérola Negra. Praça Ênio s/nº, Pavuna (2286-3889). Hoje e amanhã, às 15h e 19h. R$ 2. Livre.

 TIRADENTES — NEM TUDO PARECE O QUE É. O espetáculo marca a estreia do Porto de Memórias 2015 e conta a história do inconfidente Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, com texto e direção de Alexei Waichenberg e Maria Nattari. O espetáculo é encenado nas escadarias do Palácio Tiradentes, sede da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro. Avenida Presidente Antônio Carlos s/nº, Centro (2588-1000). Dias 25 e 26 (sáb e dom), às 18h. Grátis. Livre.

Você pode gostar