Jovem leva a vida viajando de carona e fotografando mulheres nuas

Leo Maceira, de 24 anos, largou o trabalho e obrigações do dia a dia para viajar pelo Brasil e exterior sem colocar a mão no bolso

Por O Dia

Rio - A vontade era jogar tudo para o alto: trabalho, chefes, horário para acordar. E foi querendo se livrar das obrigações do dia a dia que o curitibano Leo Maceira, de 24 anos, resolveu fazer o que mais ama de uma maneira nada onerosa e também nada rentável. Há 17 meses, Leo viaja pelo Brasil e pelo exterior fotografando paisagens e mulheres nuas, apenas pedindo carona e abrigo pelas estradas ou através da internet. 

Modelos posam nuas para as lentes de LeoDivulgação

“Não sei trabalhar por dinheiro, não quero trabalhar. Muitos vão criticar, me chamar de vagabundo, mas, se entendessem meu ideal de vida, iriam me dar razão. Se você abrir minha carteira durante as viagens, não vai achar R$ 1. Faço tudo com a ajuda e solidariedade das pessoas. O que sustenta minhas aventuras é uma foto bacana num lugar lindo”, explica Leo, que informa nas redes sociais sobre sua próxima parada e, com isso, recebe os convites para se hospedar e também consegue as modelos que se oferecem para posar nuas. Seus perfis no Instagram, ‘Os Lugares de Cada Um’ e ‘Nu Mondo’, já somam quase 20 mil seguidores e são suas principais ferramentas para poder seguir viagem.

“Também consigo muita coisa pedindo no meio da rua. Já andei em carro velho, caminhão, BMW, Mercedes, fiquei em casas de pessoas humildes e de milionários. É sempre uma experiência incrível”, justifica ele, que já passou por 11 estados brasileiros e mais de quatro países com sua missão.

Conseguir as modelos que exibem a nudez em locais paradisíacos é a parte mais fácil, ele revela: “Tem muita mulher querendo ser fotografada, mas eu só faço se for em locais de paisagem, nada de quartos ou ruas. Minha conversa é simples e direta. Elas têm que confiar em mim. É um nu sutil, nada pornô. Hoje em dia, a mulherada faz fotos pelada no celular. Elas têm essa vontade de mostrar a beleza”, ressalta Leo. Seu dom atrás das câmeras também ajuda na conquista. “Já fiquei com algumas meninas, mas posso garantir que não rola assédio. Às vezes, rola um clima”, enfatiza ele.

Nem mesmo os perrengues fazem Leo desistir. Sua mãe só entra na jogada quando ele precisa carregar o celular com créditos. Certa vez, ele conta, ficou abandonado numa estrada durante toda a madrugada. “Caminhei por quatro horas no escuro. Ouvi todo tipo de som, não via nada e aí a gente começa a imaginar tudo. Foi quando avistei um trator e fiz uma foto que considerei, por muito tempo, a minha melhor foto”, relembra. 

Vídeos das caronas estarão no YouTube

Depois do sucesso no Instagram, Leo Maceira se prepara para começar a produzir vídeos de suas viagens e publicar em seu canal, ‘Os Lugares de Cada Um’, no YouTube.

“Toda semana vou postar um vídeo diferente mostrando como pego as caronas, algumas histórias de personagens e da minha rotina na estrada. Inicio nos próximos dias”, adianta Leo, que costuma levar na mochila apenas seu equipamento fotográfico, algumas blusas, casaco e, no máximo, duas calças.

Últimas de Diversão