Bárbara Evans lança campanha pelo uso do cinto de segurança e é alvo de críticas

Modelo postou uma foto em seu perfil no Instagram ao lado da Miss Brasil 2010 Débora Lyra

Por O Dia

São Paulo - Bárbara Evans e Débora Lyra lançaram uma campanha nas redes socias pelo uso do cinto de segurança no banco de trás do veículo nesta sexta-feira, dando referência ao acidente que causou a morte do cantor sertanejo Cristiano Araújo e de sua namorada Allana Moraes na última quarta-feira.

Débora Lyra e Bárbara Evans lançam campanha nas redes socias pelo uso do cinto de segurançaReprodução Instragram

A modelo postou uma foto em seu perfil no Instagram ao lado da Miss Brasil 2010, onde as duas aparecem no banco de trás de um carro usando o cinto de segurança. Em seguida, Bárbara desafia 3 amigas a fazerem o mesmo.

"Eu e minha amiga Débora Lyra tivemos uma ideia hoje, que queremos compartilhar com vocês. Todos sabem da importância do uso do cinto de segurança, seja na parte da frente, ou no banco de trás do carro. A grande maioria não faz o uso dele, por preguiça de colocar, por achar chato, que aperta, machuca e tudo mais. Essa semana, o Brasil vivenciou uma tragédia, que deixou todos muito abalados. Então porque não, levar isso como lição pra todos nós? Gente, é uma atitude tão simples e que simplesmente salva a sua vida. Já que queremos propagar essa ideia, decidimos criar um desafio para que todos possam se conscientizar, da importância do uso do cinto de segurança. Poste uma foto no carro, usando o cinto de segurança com a #CintoSalvaVidas. Eu vou desafiar as amigas Flavia Pavenelli, Aline Riscado, Adriana Sant'Anna e Karina Bacchi. Estão todos convidados a participar dessa ação. Vamos nos conscientizar! Assegure sua vida já", disse Bárbara.

No entanto, a iniciativa gerou críticas na rede social. "Se promovendo com uma tragédia", alfinetou um seguidor. "Você só descobriu agora que cinto salva vidas? Ridícula", disse outro. "Descobriu a pólvora", escreveu um internauta.

O cantor Cristiano Araújo e a namorada Allana Coelho morreram em um acidente na madrugada desta quarta-feira. O cantor voltava de um show em Itumbiara, em Goiás, quando o carro em que estava capotou, na estrada BR 153, no trecho entre Goiatuba e Morrinhos.

Ele e a namorada estavam no banco de trás e, provavelmente, não usavam cinto de segurança. O segurança Ronaldo Ribeiro, que dirigia o veículo, e o empresário Victor Leonardo, que estavam nos bancos da frente, tiveram apenas ferimentos leves. Allana morreu no local e Cristiano chegou a ser socorrido. Ele foi levado ao hospital em Morrinho e, depois, transferido de helicóptero para Goiânia. Cristiano teve hemorragia e paradas cardíacas e não resistiu.

Leia mais:

Cantor Cristiano Araújo e namorada morrem em acidente de carro

Fãs e famosos prestam as últimas homenagens a Cristiano Araújo

Cristiano Araújo é enterrado em Goiânia


Últimas de Diversão