Fight Dance mistura combate com dança e queima até mil calorias

Aula é bastante intensa e pode ser uma grande aliada na luta para perder peso

Por O Dia

A professora de dança Kauan Gracie mostra os movimentos que modelam o corpo e emagrecemMaíra Coelho / Agência O Dia

Rio - A paixão pela dança e o encanto pela luta, que vem de família, foram alguns dos motivos que levaram Kauan Gracie a criar o Fight Dance, aula que une os movimentos de defesa pessoal, kickboxing e boxe a passos de dança.

“Eu gosto tanto de dançar que me formei nesta modalidade quando morei nos Estados Unidos. Quanto à luta, não tem jeito. Sou da família Gracie (ela é filha de Rickson Gracie), nasci e cresci nesse universo. Com o Fight Dance, a minha proposta era fazer uma atividade aeróbica que misturasse estes dois exercícios. E os benefícios são inúmeros para o corpo e a mente”, diz Kauan.

Recém-criada, a aula é bastante intensa e pode ser uma grande aliada na luta para perder peso. “Dura 50 minutos. Nesse tempo, nós fazemos um pouco de tudo, tento fazer com que as alunas se movam o tempo inteiro. Para a dança, a ideia é escolher algo bem agitado, um hip hop ou um rockzinho. Ainda não coloquei funk, mas se eu achar uma música que se enquadre no perfil da aula, eu vou usar sem problemas. Já no final, para o alongamento, coloco um soul, para a galera relaxar. Pelo tempo de aula e o ritmo intenso, acredito que haja uma perda calórica de mil calorias.”

Kauan também explica quais partes do corpo são trabalhadas com o Fight Dance. “A luta é que é uma atividade unilateral, e isso me incomoda. No boxe, por exemplo, você fica a aula inteira parada na mesma posição. O legal é você trabalhar o corpo inteiro. O Fight Dance modela as coxas, os braços, as costas, os glúteos e os tríceps. A musculatura fica bastante fortalecida.”

Totalmente democrático, o exercício pode ser feito por pessoas de várias idades e não tem pré-requisito. “A única exigência é não querer ficar parado. No início do mês, nós fizemos um aulão, e foi bem bacana. Tinha senhoras de 60, 70 anos participando e também vi mulheres musculosas de 20. Ninguém precisa ser um dançarino nato ou um lutador profissional. Cada um vai aprendendo no seu tempo.”

Para Kauan, as maiores beneficiadas nessa prática são as mulheres. “Elas se preocupam muito com a questão da boa forma. Querem um corpo sequinho e definido. Mas também é legal pensar que as alunas ganham uma boa noção de defesa pessoal. Isso é importantíssimo, ainda mais com a cidade do jeito que está”, resume.

Dez benefícios do Fight Dance

1 Trabalha a coordenação motora

2 Desenvolve a autoconfiança

3 Define a musculatura

4 Tem alto índice de queima calórica

5 Estimula a consciência corporal

6 Modela e define o corpo

7 Exercita a musicalidade e o ritmo

8 Desenvolve a flexibilidade do corpo

9 Aprimora a sensualidade

10 Ajuda a sensação de bem-estar

Últimas de Diversão