Luis Pimentel: O Rio de A a Z - 13

O bairro de Santa Teresa nasceu nos arredores de um convento no Morro do Desterro, no Rio, no século 18

Por O Dia

Rio - Prosseguindo com a série de verbetes afetivos sobre o Rio de Janeiro, hoje com as letras Q, R e S: Quinta da Boa Vista — A vista é boa; o ambiente, melhor ainda. Área de lazer e de descanso para o corpo, a mente e os olhos, a Quinta está localizada no tradicional e ainda simpático bairro imperial de São Cristóvão. Faz parte do passeio ao local uma visita ao Jardim Zoológico e ao Museu Nacional de Arqueologia e Antropologia, ambos ali abrigados.  

Luis Pimentel%3A O Rio de A a Z - 13Nei Lima / Agência O Dia


Retiro dos Artistas — É um dos cantos cariocas mais lindos de ser ver e de se apreciar. Um recanto para amparar na velhice aqueles que encantaram o Rio e o Brasil com sua arte, e que no final da vida enfrentam dificuldades por algum motivo. Promove anualmente uma belíssima festa junina (este ano será entre os dias 6 e 9 de agosto. Quem puder não deixe de ir ver como é), com renda destinada aos projetos sociais da casa. Uma lição de vida, de participação e de solidariedade. Viva o retiro! 

Samba do Trabalhador — Comandado há mais de uma década pelo cantor e compositor Moacyr Luz, a roda de samba, que acontece todas as segundas-feiras no Clube Renascença, na Zona Norte do Rio (e que já se espalhas por outras cidades brasileiras), é um prato de resistência da cultura carioca. A roda, que começou tímida, hoje engarrafa ruas do Andaraí e de Vila Isabel nas tardes de segunda-feira (dia de folga do músicos, o “trabalhador” em questão) e já faz parte do calendário artístico e cultural da cidade.

Sambódromo — Uma das grandes obras do superarquiteto Oscar Niemeyer, marco de uma das administrações do gaúcho Leonel Brizola no governo do Rio de Janeiro, o Sambódromo (ou Passarela do Samba) é um dos mais visitados pontos turísticos da cidade, e não só no período de Carnaval. Foi construído em 1984 para tirar da Avenida Presidente Vargas o desfile das escolas de Samba do Rio. Sua inauguração marcou o início do sistema de desfiles de escolas de samba em duas noites. Inspirou outras construções similares pelo Brasil, como o Sambódromo do Anhembi, em São Paulo, e o Bumbódromo, no Amazonas. 

Santa Teresa — O bairro de Santa Teresa nasceu nos arredores de um convento no Morro do Desterro, no Rio de Janeiro, no século 18. O bairro ocupa uma colina no coração da cidade e parece ter parado no tempo, mantendo há dezenas de anos aspectos preservados do Rio Antigo e guardando uma história em cada esquina. Escritores e artistas sempre foram atraídos por Santa Teresa, seduzidos por seu charme e por suas riquezas arquitetônicas e culturais, visíveis aos olhos e ao coração. Moradores hoje reclamam bastante da falta de segurança e da ausência dos tradicionais, úteis e charmosos bondinhos. Que eles voltem logo para enriquecer a paisagem de Santa e do Rio.

Últimas de Diversão