Por karilayn.areias
Aos 52 anos%2C Xuxa volta à TV em programa ao vivoDivulgação

Rio - Deus pode ter dado uma forcinha para Xuxa voltar a trabalhar com o público, mas ela não poderá falar sobre ele em seu novo programa, ‘Xuxa Meneghel’, que estreia na próxima segunda, às 22h30, na Record. A apresentadora contou, durante uma coletiva, que essa é sua única proibição na emissora do Bispo Macedo.

“Só não posso falar de religião. O resto eu posso tudo. O que eu quiser fazer, eu posso. Já tive muitos nãos na vida. Agora estou livre para viver, sonhar, respirar. O cenário está do jeito que eu quis, posso usar as roupas que quero. Estou me sentindo uma criança com 52 anos. Daquelas que as pessoas falam: ‘Seja feliz e não se machuca’”, alegra-se Xuxa.

Mas essa proibição vai ser um grande desafio para Xuxa. Ainda na coletiva, ela falou algo relacionado à religião quatro vezes. Em todas, arrancou risos da plateia.

“Não posso falar em religião, mas estar na segunda é uma bênção”, disse, às gargalhadas. “A segunda era da Hebe. Quando aceitei, parece que teve dedinho dela. Uma vez, recebi duas declarações importantes sobre minha carreira, uma do Chacrinha e uma da Hebe. Ninguém vai substituí-los, mas só de ter o aval deles é muito bom”, justifica.

Agora que está livre, leve e solta para mostrar o que gosta de fazer, Xuxa quer encerrar, de vez, todo mal-entendido que pode ter sido causado com sua saída da Globo. “Parece que estou falando mal de lá, e meus fãs falam da Globo pra tentar me agradar, mas isso me irrita profundamente. A Globo foi uma mãe, me podou em algumas situações, mas também me deu muitas coisas. Ninguém gosta quando falam mal da mãe. Realmente, de seis anos para cá eu não podia fazer muita coisa. Mas o mais importante é que estou na casa nova, com uma nova história”, ressalta a eterna Rainha dos Baixinhos que, agora, vai ter muito assunto para abordar com os mais velhos também. Até sobre sexo ela falará.

“Vai ser uma brincadeira. Vou falar de outras coisas que antes não podia falar e nem ouvir. O horário permite que faça algumas perguntas mais picantes, mas não terei quadro com sexóloga, nada disso. Nem vou entrevistar as pessoas numa cama junto com o Junno (seu namorado), como falaram. Eu vou ‘junnar’ muito em casa, mas não no programa”, diverte-se.

O formato da atração, que será ao vivo e inspirada no ‘The Ellen DeGeneres Show’, causa um certo temor em Xuxa, mas ela pede que peguem leve com ela: “Nunca fiz ao vivo. Rola um medinho. Só gostaria de dizer que equívocos vão acontecer. Isso é normal. Quero que tenham um pouco de calma, pois algumas coisas podem dar errado no começo. Entendam que isso é muito novo pra mim”.

Xuxa posa com o namorado, Junno, durante sua coletiva de imprensaAlex Palarea / Ag. News

Xuxa promete muita interação com fãs, brincadeiras, assuntos do cotidiano. Mas nada de pedir para ela cantar. “Se deixar, vou ter que descer da nave e cantar ‘Ilariê’. Eu não canto, não é a minha praia, talvez depois role”, avisa, com um sorriso no rosto. A animação de Xuxa chega a contagiar quem está à sua volta. E ela faz questão de dizer que levou sua mãe, Alda, para conhecer a ‘nova casa’: “Trouxe ela para conhecer. Ela está na cadeira de rodas, não fala mais, tem poucos movimentos. Mas colocaram uma rampa. Ela falou que está tudo lindo e tentou me dizer parabéns. Quando cheguei em casa, uma lágrima caiu do rosto dela, então, para mim, isso disse tudo.”

Ex-baixinhos dividem opinião na estreia da apresentadora

‘Passa longe’, que viralizou na web, mostra um pouco do estilo despojado e zombeteiro de Xuxa. O episódio aconteceu no programa ‘Xou da Xuxa’, após um baixinho reclamar da rua onde morava, que tinha valão, pixação e até ladrões, em Mesquita. Em vez de Xuxa dar uma palavra de consolo, ela sugeriu que as pessoas passassem longe de lá. Recentemente, o meme fez sucesso nas redes sociais. O protagonista da história, conhecido como Alencar, atualmente com 39 anos, não se chateou com a resposta inusitada da apresentadora e deseja muito boa sorte para ela em sua estreia: “Xuxa vai arrasar muito, ainda tenho pôster dela no meu quarto. Eu tinha 11 anos naquela época e ela foi muito carinhosa comigo. Não fiquei triste com a brincadeira. Tenho certeza que ela continua a mesma. Vou assisti-la sempre”, diz Alencar.

Já Marcus Vinicius, de 19 anos, não compartilha da mesma opinião que Alencar. Aos 5 anos, ele foi uma das vítimas do incêndio que ocorreu no estúdio do Xuxa Park, em 2001. Para o estudante, a estreia de Xuxa na Record não representa nada em sua vida. “Vivi uma questão com a Xuxa numa situação não muito agradável. Então, não tenho muito o que falar sobre a estreia dela em outra emissora”, desabafa Marcus.

Você pode gostar