Discos de Fábio Jr. são relançados em edição exclusivamente digital

Álbuns de 1979, 1981 e 1982 já estão disponíveis para compra no iTunes ou para audição em plataformas como Spotify

Por O Dia

Rio - Antes de ingressar na gravadora CBS (atual Sony Music), em 1984, Fábio Jr. fazia música livre de receitas e fórmulas pré-fabricadas por executivos da indústria fonográfica. Os discos dessa boa fase — feitos na gravadora Som Livre entre 1979 e 1982 — estão sendo relançados pela companhia em edição exclusivamente digital. Todos intitulados ‘Fábio Jr.’, os álbuns de 1979, 1981 e 1982 já estão disponíveis para compra no iTunes ou para audição em plataformas como Spotify.

Fábio Jr. tem relançados%2C em edição digital%2C discos da fase 1979 — 1982Divulgação

Além dos três álbuns, a Som Livre está reeditando EP com quatro gravações daquela época. Uma delas, ‘Esses moços (Pobre moços)’, canção do compositor gaúcho Lupicínio Rodrigues (1914 - 1974), era rara, já que não integrou nenhum dos três álbuns, tendo sido feita para a trilha sonora da novela ‘Olhai os lírios do campo’, exibida pela TV Globo em 1980.

O EP traz duas músicas do primeiro álbum do cantor e compositor paulista na Som Livre, ‘Quero colo’ e ‘Pai’, esta um sucesso nacional por ter sido propagada na abertura da novela ‘Pai herói’, de 1979. Nesta fase de sua carreira fonográfica, Fábio Jr. fazia música mais verdadeira, pautada por sua sensibilidade. Basta ouvir ‘Nunca deixe de sonhar’, composição do álbum de 1982, e ‘Muito cacique para pouco índio’, para perceber talento inicial dissolvido quando o cantor e compositor mudou de gravadora e passou a fazer música pré-fabricada.

Últimas de Diversão