Carne de porco é destaque em bar na Baixada Fluminense

Paulo Roberto Barbosa, o Paulete, é uma unanimidade em relação ao talento na cozinha de botequim

Por O Dia

Rio - Os crimes do colarinho branco estão em todas as manchetes e, claro, não poderiam deixar de estar na Baixada Fluminense, mais precisamente no Rancho Novo, Nova Iguaçu. Lá, no entanto, não há nada ilegal, nem imoral. Mas tudo engorda. O único crime é deixar de ir. Está proibido.

O Colarinho Branco da Baixada é obra de Paulo Roberto Barbosa, o Paulete, uma unanimidade em relação ao talento na cozinha de botequim. Depois de criar o Aconchego Carioca e perambular por uma série de bares no Rio de Janeiro, jura que achou seu pouso definitivo. O bar é imperdível. Vá com sede. 

A COVARDIA é o destaque do cardápio. Tem covardia na canoa, com aipim, mineira, enroscada. O motivo do apelido é a qualidade da carne de porco feita pelo Paulete, difícil de achar igual no Rio. O Colarinho fica na Rua Ocidental 10 (3744-3222). Abre todos os dias e aceita até caô.

Paulete apresenta a sua barriga de porco. Para comer de joelhosBerg Silva / Divulgação


Últimas de Diversão