Andrea Bocelli segue a trilha de hits de filmes em 'Cinema'

Este é o 15º álbum de estúdio da discografia solo do tenor

Por O Dia

Rio - A voz grandiloquente do tenor italiano Andrea Bocelli parece imprópria para ressaltar a leveza de ‘Cheek to cheek’. Mas o cantor arrisca dueto romântico com sua mulher, Veronica Berti, nesta joia do compositor Irving Berlin (1888 - 1979), incluída em filme de 1935. O registro de Bocelli figura em ‘Cinema’, 15º álbum de estúdio da discografia solo do tenor.

Andrea Bocelli lança o CD ‘Cinema’%2C no qual canta 13 músicas de filmesDivulgação

Em ‘Cinema’, Bocelli segue a trilha dos hits propagados em filmes. Alguns temas são bem familiares para o artista. No encarte do disco, Bocelli conta que, quando cantava em bares antes da fama, o ‘Tema de Lara’ (do filme ‘Dr. Jivago) já fazia parte de seu repertório.

Independentemente da maior ou menor intimidade do tenor com o repertório, o resultado de ‘Cinema’ é mais sedutor quando Bocelli baixa seus tons. Em ‘Maria’, tema de West side story’, o cantor consegue expor o lirismo da parceria de Stephen Sondheim com Leonard Bernstein (1918 - 1990). Em contrapartida, o tenor peca pelo excesso de empostação no canto de ‘Be my love’, tema de musical de 1950.

Entre gravação em espanhol do tema principal do filme ‘Evita’ (‘No llores por mi, Argentina’) e a lembrança reverente de ‘Moon river’, o tenor faz dueto com Ariana Grande em ‘E più ti penso’, tema criado pelo compositor italiano Ennio Morricone para filme de 1984. Cabe até um tango, ‘Por una cabeza’, na trilha cinematográfica de Bocelli.

Últimas de Diversão