Festival de cerveja agita a Praça Mauá

Mondial De La Bière começa hoje terceira edição com 800 rótulos

Por O Dia

Rio - Louras, morenas, ruivas e outras que fazem os cariocas suspirarem reunidas na Píer Mauá no Mondial De La Bière. O festival de cervejas, que teve início em 1994 no Canadá, atraca no porto do Rio, de hoje até dia 22 deste mês, em sua terceira edição. Vão ser 800 rótulos de cervejas, diversos food trucks, palestras, concursos, shows e bate-papos, em um espaço que dobrou de tamanho em relação ao último ano.

Eduardo Brand%2C Gilson Val%2C Renato Monteiro e Raphael Bloisa são os sócios responsáveis pela JeffreyMaíra Coelho

“Dessa vez, as cervejarias estão ainda mais preparadas. Esse evento tem capacidade para ser um dos melhores do mundo e agora não só os aficionados pela bebida vêm, mas todos que querem conhecer sabores diferentes”, diz Victor Montenegro, diretor de negócios da Fagga, que organiza o festival.

Victor Montenegro é o organizadorMaira Coelho

As entradas já estão no terceiro lote, a R$ 50, e podem ser compradas pelo site Ingresso rápido (saiba mais em www.mondialdelabiererio.com) ou na Cidade das Artes e na bilheteria do Pier. O organizador espera um público de 40 mil pessoas até o final do Mondial e para isso montou um serviço de transporte gratuito com ônibus de 14h às 23h, perto da estação de metrô Cinelândia. Como o lugar é grande, os visitantes podem baixar o aplicativo (pela App Store e Google Play) e ter acesso ao mapa dos armazéns para não se perderem, além de ler notícias e localizar todos os expositores.

A dica também é conhecer o Petit Pub, que traz algumas marcas que participam pela primeira vez do evento. Segundo Victor Montenegro os destaques são as sulistas Seasons e Tupiniquim, e as cariocas são a Hocus Pocus e a Jeffrey.

Esta última, criada por amigos que gostavam de viajar. Hoje, a marca carrega o prêmio de melhor cerveja por voto popular da 2ª edição do Mondial. Gilson Val, sócio fundador, afirma que o público vai conhecer a Red Pilsen, cerveja que vai ser lançada no evento. “A cerveja é uma plataforma para comunicar”, diz Gilson. E o stand dela além da bebida vai ter também gastronomia com a presença dos chefs Pedro de Artagão, Thomas Troisgros e Roberta Sudbrack que vão fazer pratos harmonizados com as cervejas. 

Com reportagem de Guilherme Guargliardi

Últimas de Diversão