Danni Carlos canta músicas autorais e releituras em show

'Noite Livre' vai de Blondie a Pink Floyd

Por O Dia

Rio - Atriz, cantora e agora artista independente (lança seus discos pelo selo próprio, Arcanjo, com distribuição da Coqueiro Verde), Danni Carlos quer mesmo é liberdade. Seu disco novo se chama ‘Livre’ e o show que estreia amanhã no Teatro Sesi ganhou o nome de ‘Noite Livre’. Apesar de ter feito questão de valorizar seu trabalho autoral no disco (o primeiro de sua carreira a trazer só músicas suas), não deixa de fazer várias releituras no show novo.

Danni Carlos se apresenta no teatro SesiDivulgação

“Fiquei quinze anos em gravadoras multinacionais e na época, fazia projetos de regravãções. Foi bompara eu me descobrir como intérprete, mas fiquei com mais de 230 músicas acumuladas”, conta a cantora, que relê sucessos de Blondie (‘Heart Of Glass’), Marina Lima (‘Charme do Mundo’) e até Pink Floyd (‘Time’) no novo show. “As pessoas hoje são muto compartimentadas, ‘eu toco jazz’, ‘eu toco balada romântica’. Quero inspirar essa liberdade nas pessoas”.

Entre as canções autorais lançadas por Danni em disco e show estão ‘Anzol’, ‘Eu Amo Você’ e ‘Vem Me Dizer’, na qual brinca com o fato de lidar diariamente com seu DDA (Distúrbio do Déficit de Atenção). “Eu falo na música: ‘Se me distraí, desculpe alguma coisa, foi meu DDA/mas meu coração compensa, não vai faltar carinho pra você’”, brinca. “Sou diagnosticada mesmo. Tenho que comporsozinha, no silêncio. A atenção muda mesmo. Mas preferi nem me medicar”.

O show ‘Noite Livre’ vai virar em breve uma festa, com Danni e o DJ Guilherme Scarpa. “Tenho esse defeito, de ser uma pesssoa boêmia”, brinca a cantora, que ainda está preparando um novo trabalho, ainda sem data para sair, em que toca todos os instrumentos a partir de teclados eletrônicos. “No show já vai ter um pouco disso. Fico sozinha no palco, no final”.

Últimas de Diversão