Caixa recorda primeiros anos de Chico Buarque

‘Os primeiros anos’ embala reedições caprichadas dos três primeiros álbuns do cantor, gravados entre 1966 e 1968

Por O Dia

Reprodução do CD 'Chico Buarque de Hollanda 3'Reprodução

Rio - Relançada pela gravadora Som Livre, a caixa ‘Os primeiros anos’ embala reedições caprichadas dos três primeiros álbuns de Chico Buarque, gravados entre 1966 e 1968 no embalo da explosão do artista com ‘A banda’ em festival de 1966.

‘A banda’, aliás, abre o primeiro álbum, ‘Chico Buarque de Hollanda’ (1966). Os discos dessa fase inicial expõem um compositor mais lírico, voltado para o samba, com influências de Noel Rosa e Ismael Silva, bambas da década de 1930. Chico costuma ser mais exaltado pela obra politizada da década de 1970.

Mas já era gênio desde que surgiu, capaz de criar sambas poéticos como ‘Morena dos olhos d’água’ e temas que radiografam a alma feminina como ‘Com açúcar, com afeto’. Ambas as músicas estão no ‘Chico Buarque de Hollanda volume 2 (1967)’. Já o álbum de 1968 endurece o discurso, sobretudo em ‘Roda viva’, sem perder a ternura melancólica de ‘Até pensei’ e ‘Carolina’.

Últimas de Diversão