Marina Lima reaviva, em disco ao vivo, balada lançada por Elvis Presley

Cantora desossa canções em 'No osso ao vivo’

Por O Dia

Rio - Corajosa, Marina Lima idealizou show de voz & violão estreado em junho de 2014. ‘No osso ao vivo’, CD que marca a volta da artista à gravadora Universal Music após 15 anos, é o registro deste show íntimo em que a cantora e compositora desossa criações próprias e alheias sem medo de evidenciar a fragilidade vocal.

Marina Lima lança ‘No osso ao vivo’%2C disco no qual perpetua a gravação de show calcado no violão da artistaDivulgação / Paulo Mancini

‘No osso’ é solo da paixão de Marina pela música. Se falta voz, sobram a atitude e a modernidade que sempre pautaram a trajetória da artista. No disco, Marina celebra colegas de geração como Lobão e Cazuza (1958 - 1990) — lembrados com ‘Noite e dia’ e ‘Carente profissional’ — e apresenta inédito samba autoral, ‘Da Gávea’, de arquitetura simples e tradicional.

Fora do trilho autoral, Marina registra em estúdio balada lançada em 1961 pelo cantor norte-americano Elvis Presley (1935 - 1977), ‘Can’t help falling in love’. Motivado por razões pessoais e afetivas, o registro de estúdio não faz jus à beleza da balada. Em contrapartida, o rock ‘Partiu’, apresentado por Marina em shows de 2013, ganha gravação potente no toque do grupo paraense Strobo. É o trunfo de álbum valente de Marina Lima.

Últimas de Diversão